22/02/2024

SEM NENHUMA LÓGICA – Pesquisa “sem pé nem cabeça” distorce a realidade da intenção de votos para prefeito de Santa Helena

Uma pesquisa feita pelo Exata (aquele instituto que garantiu Brandão e Weverton no segundo turno das eleições de 2022), sobre intenção de votos para prefeito de Santa Helena em 2024, derrapou feio. O frágil levantamento, talvez visando apenas massagear o ego do cliente, mostrou números incapazes de condizerem com a realidade do eleitorado helenense.

Primeiro, pela quantidade de eventuais entrevistados que foi de apenas e tão somente 228 pessoas, número desproporcional ao contigente eleitoral de Santa Helena. Segundo, pelo tiro no pé do “beneficiado” com a pesquisa, o pré-candidato Josinaldo Moraes. Tudo isso pelo fato de que, se somados os percentuais dos dois candidatos ligados ao grupo do prefeito Zezildo Almeida, a derrota do suposto contrante da Exata é dada como certa.

Gráfico da pesquisa apresenta somente 228 entrevistados

Conforme o tal levantamento, na estimulada, Josinaldo Moraes que teria encomendado a pesquisa, apareceu com 34,21% das intenções. Joãozinho Pavão, registrou 31,58% da preferência do eleitor e Jorge Malhadeira, obteve 14,04% das intenções de votos. Portanto, a soma dos pontos percentuais de Joãozinho e Jorge atinge quase 50% da preferência do eleitor que mostra mais interesse pelos candidatos do “Grupo 14”.

Ainda de acordo com a pesquisa Exata, em um confronto direto, foi aferido um empate técnico entre Josinaldo Moraes e Joãozinho Pavão, respectivamente 39,47%, e 37,28%. Levando em consideração a força popular do prefeito Zezildo e do seu vice Joãozinho Pavão, esse empate técnico soa com sabor de vitória, visto a reconhecida performance e densidade política do atual gestor no município de Santa Helena.

Por fim, não se pode entender o por quê desse levantamento destoar tanto dos resultados de pesquisas anteriores realizadas recentemente em Santa Helena.