18/04/2024

Arraial da Cidade: grupos folclóricos dão show de originalidade na véspera de São Pedro

A véspera de São Pedro (28) foi em ritmo de cacuriá, bumba meu boi, forró e reggae no Arraial da Cidade, montado pela Prefeitura de São Luís na Praça Maria Aragão. Oito grupos folclóricos se apresentaram no tablado e houve show da cantora Milena Mendonça no palco. O público chegou cedo, por volta das 18h. A programação terá continuidade nesta quinta-feira (29), a partir das 18h, com a participação de sete grupos e show de Gabriel Melônio. Na sexta (30) a atração nacional será o cantor Felipe Amorim e dia 1º de julho será a vez do Arraial Gospel com grandes nomes da música evangélica.

A primeira atração junina da noite de quarta-feira foi o Cacuriá da U.E.B. Humberto Pinheiro, com suas coreografias cadenciadas. Em seguida, entrou o Boi Brilho da Areia Branca, anunciado pelo locutor oficial do arraial, João Marcus, que, logo depois, chamou o Boi Encanto da Ilha, originário do bairro Madre Deus.

Encanto da Ilha, manifestação folclórica sotaque de matraca, abordou o tema “Fé e Tradição: Jesus Cristo é o Caminho, a Verdade e a Vida”. Segundo a presidente, Carla Rodrigues, além das toadas, a temática é trabalhada, também, na indumentária, que traz os santos juninos, bem como aqueles de devoção de cada participante. “Todos bordados à mão pelos próprios brincantes com miçangas e canutilhos, fortalecendo o artesanato típico do bumba meu boi do Maranhão”, explicou Carla Rodrigues.

O Boi de Guimarães, sotaque de zabumba, foi o quarto da noite a se apresentar na Maria Aragão. A plateia foi hipnotizada pelo bailado dos brincantes, usando seus chapéus coloridos com longas fitas quase encostando no chão. Entre eles estava Ivanor Silva, de 61 anos, que não foi visto por ninguém da plateia. Afinal, estava debaixo do couro do boi.

Ivanor é miolo do Boi de Guimarães há dez anos, mas já passou por outros grupos. Durante a apresentação no Arraial da Cidade, ele revezou com outros três miolos. O brincante, natural do município que dá nome ao boi, contou que gosta de fazer esse papel, pois, além de se divertir, ainda é pago para fazer o novilho rodopiar como se tivesse vida própria.

Show de Milena Mendonça

A cantora Milena Mendonça atraiu as atenções do público para o palco da praça assim que começou a cantar. Ela apresentou um repertório animado, com muito xote, forró, bumba meu boi e homenagens a compositores como João do Vale. Em um dos momentos da apresentação, convidou um casal para subir e, também, o idoso Guilherme Silva, de 82 anos, sempre assíduo na plateia. Guilherme ainda dançou com a artista e foi aplaudido. É que ele não perde uma programação festiva da Prefeitura de São Luís.

Após o show, foi a vez do Boi Pirilampo, que retornou ao terreiro da Maria Aragão para mostrar, mais uma vez, a beleza de seu projeto, comandado pelo produtor cultural Renato Dionísio. A apresentação foi acompanhada de perto pelo Mestre Chuvisco, da bateria da escola de samba carioca Estácio de Sá e um dos mais conhecidos percussionistas do Carnaval carioca. O locutor João Marcus anunciou a presença dele em alto e bom som. “É uma alegria muito grande para mim poder estar aqui vivenciando essa cultura maravilhosa e marcante. É uma diversidade muito grande de ritmos e a gente aprende bastante”, disse Mestre Chuvisco.

União da Baixada e Novilho Branco

Os bois União da Baixada, com seus pandeirões, e Novilho Branco, com sua orquestra, deram um show de originalidade em suas apresentações, logo em seguida. O primeiro performou com índios, batuqueiros, brincantes, cazumbas e miolos. Novilho Branco, da Liberdade, por seu turno, levou brilho e graça ao terreiro junino, como faz no São João há 18 anos. O último a se apresentar foi o Boi da Pindoba, sotaque de matraca, que contabiliza mais de 130 anos de história.

No Barracão do Forró, a festa também foi animada, com os grupos Ely Carlos e Forró Fiando, Forró Pesado e Forró do Ruy dando o tom da noite. As bandas Cena Roots e Catamarã, por sua vez, animaram o Espaço Reggae e atraíram os amantes do ritmo que faz sucesso na Jamaica Brasileira. Robson Rocha e Marilene Genoíno são namorados e curtiram bastante as duas apresentações.