28/05/2024

Assembleia não realizará sessão do Dia da Família “só com homens”, diz nota

SÃO LUÍS – A Assembleia Legislativa do Maranhão informou, por meio de nota divulgada na manhã desta quinta-feira (18), que a sessão solene em homenagem à família proposta pela deputada Mical Damasceno (PSD) não será realizada com a presença de apenas homens, como defendeu a parlamentar.

Mical havia sugerido na sessão de ontem que a sessão no dia 15 de maio, quando é comemorado o Dia da Família, fosse realizado com a presença tão somente de “machos”. Mical também defendeu a submissão da mulher ao marido. 

Na nota, a Assembleia afirmou que a manifestação da parlamentar trata-se de opinião pessoal e acrescenta que a solenidade do Dia da Família será aberta à participação de todos. 

“O requerimento 146/2024, aprovado pela Casa e de autoria da deputada estadual Mical Damasceno (PSD), se refere à realização de uma Sessão Solene, que será aberta à participação de todos e todas, alusiva ao Dia da Família, pré-agendada para 15 de maio no plenário da Casa”, destaca a nota.

Que continua: “Sobre o pronunciamento da deputada Mical, ocorrido nesta quarta-feira (17), de que o ato tenha apenas a presença de homens, trata-se de uma opinião da parlamentar, respeitada dentro da pluralidade que compõe o Parlamento Estadual, que representa todos os segmentos da sociedade maranhense, em suas diversas forças políticas e linhas ideológicas”.

Mical ainda não se posicionou sobre o teor da nota divulgada pela Casa.