14/04/2024
Sem categoria

Carlos Alberto rejeita rótulo de “chinelinho” e pede respeito no Grêmio

De volta a Porto Alegre após uma semana liberado pela direção do Grêmio para resolver problemas pessoais, Carlos Alberto concedeu uma polêmica entrevista coletiva após o treinamento de segunda-feira. O meia discutiu com um jornalista e abandonou o bate-papo com a imprensa prematuramente. No entanto, ates de encerrar o contato formal, o ex-vascaíno pediu respeito e revelou odiar o rótulo de “chinelinho”.

“Chinelinho é um termo que eu odeio. Quando você tem algum problema físico passa a frequentar o clube mais do que quem está jogando. Tem muita gente falando de futebol que irrita. Ninguém quer ficar no clube o tempo todo, então por que simular lesão? Quem acha que sabe muito não sabe nada. Todos deveriam valorizar mais o futebol”, disse o jogador, sem que o termo fosse citado nenhuma vez na entrevista coletiva.

A liberação de Carlos Alberto pela direção do Grêmio gerou uma série de especulações na última semana. Boatos sobre brigas no vestiário ou discussão com Renato Gaúcho revoltaram o jogador, que antes de abandonar a entrevista pediu respeito.

“Não vou detalhar porque fiquei fora, quero é agradecer ao Renato (Gaúcho), o Vicente (Antônio Vicente Martins, vice de futebol) e o presidente que me deram todo apoio. É preciso respeitar o profissional. Não saio inventando nada sobre ninguém. Não dá para ficar falando coisas que eu fiz quando tinha 20 anos. Todos aqui já cometeram excessos. Todos. Então não cabe a vocês me julgar ou a mim julgar nenhum de vocês. Eu só quero respeito”, reclamou.

ENTREVISTA
O clima tenso da entrevista foi do desabafo a reclamação em cerca de 30 minutos de perguntas e respostas. O jogador se disse pronto para, finalmente, para render o esperado pelo time do Olímpico. “Antes eu estava aqui só de corpo, estava preocupado com questões minhas. Agora estou de corpo e alma, quero ajudar nosso time a conquistar a Libertadores, que é o único título que me falta como jogador”, falou.

No entanto, Carlos Alberto não estará disponível para a partida de quinta-feira, quando o Grêmio enfrenta o Oriente Petrolero, na Bolívia, pela Libertadores. Renato Gaúcho definiu que após uma semana sem treinamentos o meia ficará fora. Nesta terça-feira ocorre o trabalho mais importante visando este duelo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.