21/05/2024
Sem categoria

Carta de Repúdio integrada ao pronunciamento da De…

Carta de Repúdio integrada ao pronunciamento da Deputada Myrian Rios

Vários estudantes ( inclui-se ai heterossexuais e católicos ), resolveram escrever suas notas de repúdio a respeito do pronunciamento lamentável, beirando ( ou cometendo ) o crime da Deputada Estadual Myrian Rios ( PDT-RJ ).
Antes de tudo gostaria de esclarecer a confusa mente da Deputada Myrian Rios a respeito da Homossexualidade e da Pedofilia.
– Homossexualidade é a atração física e emocional por alguém do mesmo sexo;
– Pedofilia é a atração doentia por crianças ( tanto do sexo feminino quanto do sexo masculino ), classificado como parafilia ( doença de ordem psíquica-sexual );
Sobre a homossexualidade, gostaria de deixar claro que ela não é uma opção como a senhora afirmou várias vezes, a homossexualidade é estabelecida por fatores hereditários ( Freud, 1905 ), biológicos ( Dr. Milton Diamond, orientação sexual, Universidade de Mõnoa do Hawai ), Endócrinológicos ( Dr. Jacques Balthazar da Universidade de Liège, na Bélgica ), Neurobiológicos ( Dr. Ivanka Savic, Berglund e Per Lindström Dr. do Instituto Karolinska, da Suécia, Estocolmo ) e por lógica analítica quem iria escolher uma orientação sexual diferente da maioria sabendo do preconceito que a senhora mesmo expôs?
Ela não é uma doença, não é transmissível, não é perigosa para a sociedade ( Conferir declaração da APA de 1973 ).
Homossexualidade não se aprende, não se impõe e não se induz, a homossexualidade existe desde os primórdios da humanidade e se mantém segundo especialistas ( Relatório Kinsey ) em 10% da população.
Já a Pedofilia, é uma doença, uma parafilia e não uma orientação sexual como a senhora afirmou! Cometida em maioria por heterossexuais, homens casados com mulheres 73% dos casos de pedofilia cometidos por heterossexuais, associar pedofilia a homossexualidade é má fé e caracteriza crime de injúria.
Já a sua Homofobia expressa é uma doença aprendida, sintomatologicamente parecida com a homossexualidade ego-distônica que é quando um homossexual não se conforma com sua condição, o problema não esta no ser homossexual e sim nas implicações que isso traz para a vida do indivíduo por fatores formados no Superego do individuo quem vem da religião, da sociedade, da filosofia e tudo praticado por outrem. A homofobia é uma das principais causadoras da homossexualidade ego-distônica, do suicídio entre homossexuais, da desenvolvimento de psicopatologias no homossexual e estes problemas agradecem a colaboração da Deputada Myrian Rios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.