24/02/2024

CEST AGORA É CENTRO UNIVERSITÁRIO COM NOTA MÁXIMA DO MEC

25 ANOS DE PROPÓSITO E DEDICAÇÃO À EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO ENSINO SUPERIOR

Há 25 anos a Faculdade Santa Terezinha – CEST transforma vidas através da educação inclusiva e de excelência; missão essa que fica ainda mais forte agora, nesse momento da instituição.

A instituição acaba de se tornar CEST Centro Universitário, obtendo aprovação com nota máxima pelo MEC. E para marcar esse momento, lançou a sua nova marca, que é fundamentada nos três pilares que norteiam a instituição: A educação de qualidade, o trabalho de credibilidade e o desenvolvimento, alinhados à essência da sua mantenedora, a APAE de São Luís. A nova marca simboliza também essa nova era que se inicia, focada no crescimento e na modernização, baseados na inovação.

Um evento interno, voltado para docentes e coordenadores, marcou o anúncio do novo status de Centro Universitário e lançamento da marca no auditório do CEST.

Segundo a Diretora Geral do CEST Centro Universitário, a Profa. Nazareth Mendes “este é um momento histórico para a instituição; a nova marca representa essa nova fase institucional, a qual só reforça e amplia a responsabilidade social que temos para com a educação superior do Maranhão e do Brasil” declarou ela.

Para a Vice – Diretora Geral e Assessora Jurídica do CEST, Dra. Maria da Conceição Lima Melo Rolim essa conquista é coletiva, fruto de trabalho árduo e dedicação incansável da mantenedora APAE de São Luís, de uma diretoria e um corpo docente comprometidos com a formação de profissionais de excelência:

“Iniciamos 2024 da melhor forma, concretizando as mudanças tão sonhadas e planejadas ao longo de anos de árduo trabalho. Teremos um novo capítulo para o CEST e para a APAE de São Luís, agora como Centro Universitário com conceito 5. As perspectivas são as melhores possíveis, com ampliação do leque de cursos e novas portas que serão abertas para oportunidades inovadoras de pesquisas avançadas; e uma gama de experiências enriquecedoras na filantropia; além de novas oportunidades de parcerias e oferta de campos de estágio. Muito emocionada, me lembro dos idealizadores do CEST, o Prof. Expedito Alves de Melo e sua esposa Antônia Zeile Lima de Melo. A essas mentes iluminadas, nossa eterna gratidão. São 25 anos de uma trajetória de sucesso, desafios e conquistas no cumprimento da nossa missão de promover uma educação superior de excelência, formando profissionais competentes e éticos, cidadãos comprometidos com o desenvolvimento da sociedade e compromisso social. E todas essas conquistas são resultados do trabalho árduo de todos que fazem a Rede APAE – CEST” declarou a Vice – Diretora Geral.

Ela destacou ainda que, o sucesso do modelo de educação inclusiva e acessiva praticado pela instituição só é possível graças ao apoio da mantenedora, a APAE de São Luís:

“A presença e o apoio da APAE de São Luís só fortalecem a nossa Missão de uma educação transformadora e inclusiva. E nesse momento de celebrarmos o novo CEST Centro Universitário, não poderia deixar de ressaltar o excelente trabalho da Diretora Geral Profa. Nazareth Mendes, e de todos os docentes, coordenadores e supervisores que são incansáveis nessa jornada” enfatizou a Dra. Maria da Conceição Lima Melo Rolim.

Representando a APAE de São Luís, mantenedora do CEST, o Conselheiro Sebastião Vanderlaan Rolim parabenizou a instituição: “O novo status de Centro Universitário só vem reforçar o trabalho dedicado dessa Diretoria, docentes e colaboradores que dão vida e continuidade ao sonho visionário do idealizador dessa instituição e da APAE de São Luís, o saudoso Prof. Expedito Alves de Melo, um defensor da causa da educação inclusiva. Que 2024 seja um ano de grandes conquistas e de muito crescimento para o CEST Centro Universitário. Estamos muito orgulhosos dessa trajetória de sucesso e trabalho” enfatizou Sebastião Vaderlaan Rolim.

Atualmente contando com mais de 6 mil alunos distribuídos em cursos de graduação e pós-graduação; o CEST Centro Universitário segue em plena expansão na sua missão de formar, transformar e promover a inclusão através da educação.

UMA HISTÓRIA DE INOVAÇÃO E SUPERAÇÃO NA EDUÇÃO SUPERIOR

A história da Faculdade Santa Terezinha – CEST está associada ao amadurecimento da sua mantenedora, a APAE de São Luís, entidade assistencial e educacional, filantrópica e sem fins lucrativos fundada em 1971, constituída com o objetivo de propiciar assistência e integração social a pessoas com deficiência quanto à sua saúde, educação e defesa de seus direitos.

A presença da APAE no ensino superior do Maranhão iniciou-se em 1998, graças à visionária liderança do Prof. Expedito Alves de Melo, que viabilizou a criação da Faculdade Santa Terezinha – CEST. Ele, ao se deparar com a falta de profissionais locais para integrar as equipes multidisciplinares de saúde e assistência voltadas para a habilitação, reabilitação e integração social de pessoas com deficiência na APAE; resolveu agir.

Necessitava-se à época, da formação local de profissionais da área da saúde com formação específica, tais como terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos e fisioterapeutas. Dada a escassa disponibilidade no mercado local desses profissionais; o Prof. Expedito tentou inicialmente sensibilizar as universidades públicas locais para que aqui implantassem aqueles cursos, mas sem sucesso. Foi então que a APAE de São Luís partiu ela própria, pioneiramente, para criar tais cursos, instituindo a Faculdade Santa Terezinha – CEST.

Assim, a instituição nascia com a Missão de “promover educação superior de excelência, formando profissionais competentes e éticos, cidadãos comprometidos com o desenvolvimento da sociedade e com o segmento das pessoas com deficiência, conscientes de sua função transformadora”.

Agora, após 25 anos de uma trajetória marcada por dedicação e propósito, a Visão do CEST está mais que consolidada: “Ser referência regional em educação superior, reconhecida pela excelência de sua atuação e compromisso social”. E mais que isso, ser o mais novo Centro Universitário maranhense, para ajudar a contribuir diretamente no desenvolvimento do Estado através da educação inclusiva e de qualidade.