21/05/2024
Sem categoria

“Fora Roseana Sarney” é ignorado por veículos de família da candidata no MA

Por Eduardo Neco/Redação Portal IMPRENSA

Após ganhar corpo na Internet e mobilizar estudantes e entidades sindicais e sociais no estado do Maranhão, o movimento “Fora Roseana Sarney”, que milita contra a reeleição da governadora pelo PMDB, levou às ruas da capital São Luiz, nesta terça-feira (21), mais de três mil estudantes. No entanto, a manifestação não recebeu cobertura da imprensa local, o que gerou diversas queixas no serviço de microblog Twitter.

Os usuários da rede acusam a TV Mirante, afiliada da Rede Globo no MA, de ignorar a manifestação em defesa de Roseana, filha do presidente do Senado José Sarney (PMDB-AM), e irmã de Fernando Sarney, que administra o conglomerado. No jornal do meio do dia da afiliada, o ato não foi citado.

O Grupo Mirante reúne emissoras de rádio, o site Imirante e o jornal O Estado do Maranhão, um dos maiores do nordeste em circulação.

A passeata, realizada pela Une, Ubes e representações sindicais e sociais, levou os manifestantes à frente da sede do governo maranhense e contou também com o apoio de partidos de oposição à governadora do estado, entre eles PSTU, PSOL, PCdoB, PCB e PSB.

O diretor de comunicação da Une para o estado do Maranhão, André Vitral, sublinhou que causa estranheza o fato de a mídia local ter ignorado um movimento que chegou a “receber resposta de Roseana em sua campanha na TV”. Para ele, o fato da família Sarney comandar a principal empresa de comunicação foi determinante para que a passeata não fosse noticiada.

“Algumas emissoras concorrentes até cobriram, mas certamente nada vai ser exibido aqui no Maranhão”, afirmou Vitral.

O diretor de jornalismo da Rede Mirante, Rômulo Barbosa, negou que as pautas da TV sejam subordinadas e argumentou que a “cobertura política se restringe ao dia a dia dos candidatos”.

“A gente tem uma postura irrepreensível, nunca fomos punidos pelo descumprimento de quaisquer normas eleitorais”, afirmou. “Nós temos uma conduta realmente exemplar nesse sentido”, acrescentou Barbosa.

Procurada pela reportagem, a editora de político do jornal O Estado do Maranhão, Valdirene Oliveira, declarou que não sabe se a passeata será noticiada na edição da próxima quarta-feira (22). Sobre o site do jornal que não apresentava nenhuma informação sobre o movimento “Fora Roseana Sarney”, Valdirene explicou que o site é alimentado pelo jornalismo do Grupo Mirante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.