27/05/2024

Marrocos supera a Espanha nos pênaltis, avança às quartas de final da Copa do Mundo

Marrocos fez história no Estádio Cidade da Educação. Depois de um jogo amarrado, mas em que tiveram chances até de vencer a Espanha, os Leões do Atlas passaram pelo 0 a 0 no tempo regulamentar, ganharam a disputa de pênaltis por 3 a 0 e avançaram. Nas quartas de final da Copa do Mundo, eles vão enfrentar os vencedores de Portugal x Suíça neste sábado. Foi a primeira vez que o país norte-africano passou das oitavas do Mundial.

A Espanha tentou impor seu tradicional estilo de jogo desde o início, mas sofreu para passar pela marcação do Marrocos. Tanto que a primeira chance foi de Hakimi, aos 11 minutos. O chute foi por cima do gol. Os comandados de Luis Enrique só conseguiram assustar quando, aos 24 minutos, o goleiro Bounou saiu jogando errado e, depois, teve que fazer grande defesa. Menos mal que Asensio, autor da finalização, estava impedido. Dois minutos depois, o mesmo atacante chutou forte, de esquerda. Bola na rede, do lado de fora.

MARROCOS ASUSTA
Parecia que a La Roja estava entrando no jogo? Só parecia. O terço final da primeira etapa teve Maraoui gerando a primeira chance de real perigo para Simón. O lateral-esquerdo marroquino chutou forte, mas o goleiro defendeu em dois tempos. Houve tempo ainda para a bola rodar de um lado para o outro, Boufal cruzar e Aguard cabeceou por cima.

QUASE NADA
A segunda etapa seguiu o mesmo padrão: era a Espanha tentando atacar, mas sem impor velocidade, e os Leões do Atlas se defendiam com competência. Contudo, passavam longe de gerar contra-ataques eficientes. Olmo até chutou forte após cobrança de falta ensaiada antes dos dez minutos. O goleiro espalmou. Só que a dinâmica do jogo seguiu até o terço final. Morata foi no fundo, cruzou, mas ninguém acompanhou… do outro lado, dois contra-ataques ameaçaram a paz de Simón, mas sem efeito prático. Olmo cobrou falta com perigo no último lance, Bounou defendeu e a prorrogação se obrigou.

CHEDDIRA, QUERIDO…
A prorrogação começou com Cheddira recebendo em profundidade, mas tendo a bola roubada ao tentar chutar. Grande chance perdida pelos Leões do Atlas., que tiveram outra aos 12 minutos. O mesmo Cheddira recebeu na marca do pênalti, mas jogou a melhor chance do jogo em cima do goleiro Simón. Na segunda etapa, o mesmo atacante teve outra oportunidade. Entrou na área, mas se atrapalhou e não conseguiu finalizar. Sarabia teve uma chance no último lance da prorrogação, mas acertou a trave.

PÊNALTIS PARA A HISTÓRIA
Sarabia chutou a primeira espanhola na trave. Soler cobrou mal e Bounou pegou. Benoun consagrou Simón ao também cobrar mal, mas Bounou acertou o canto e pegou também a cobrança de Busquets. Marrocos nas quartas!

FICHA TÉCNICA
MARROCOS 0 (3) X (0) 0 ESPANHA

Estádio: Estádio Cidade da Educação, Doha (QAT)
Data e hora: 6/12/2022, às 12h (de Brasília)
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Assistentes: Juan Pablo Belatti (ARG) e Diego Bonfa (ARG)
Árbitro de vídeo: Mauro Vigliano (ARG)
Público presente: –

Gols: –
Pênaltis: Sabiri (1×0), Ziyech (2×0), Hakimi (3×0)

Cartões amarelos: Saiss (MAR); Llorente (ESP)
Cartões vermelhos: Não houve

MARROCOS: Bounou; Hakimi, Saiss, Aguerd (El Yamiq, 38’/2ºT), Mazraoui (Attiah Allah, 37’/2ºT); Ounahi (Benoun, 14’/2ºT.p), Amrabat, Amallah (Sabiri, 37’/2ºT); Ziyech, En-Nesyri (Cheddira, 37’/2ºT), Boufal (Ezzalzouli, 20’/2ºT) – Técnico: Walid Regragui.

ESPANHA: Simón, Llorente, Rodri, Laporte e Alba (Balde, 7’/1ºT.p); Busquets, Gavi (Soler, 17’/2ºT) e Pedri; Ferrán Torres (Williams, 30’/2ºT, Sarabia, 29’/2ºT.p), Asensio (Morata, 17’/2ºT) e Olmo (Ansu Fati, 7’/1ºT.p) – Técnico: Luis Enrique.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.