22/02/2024

Morre o artista plástico Tercílio Borralho

Bastante popular no bairro Madre Deus, onde morava, o maranhense estava debilitado e faleceu vítima da Covid-19; por causa da pandemia, não houve velório e o sepultamento ficou restrito a familiares

São Luís – Faleceu neste domingo, em São Luís, vítima da Covid-19, o artista plástico maranhense Tercílio Borralho, 73 anos, irmão do dramaturgo, ator e diretor de teatro Tácito Borralho. Ele era bastante popular no bairro Madre Deus, onde residia na rua de São Pantaleão, em frente ao Ceprama. Devido à pandemia, não houve velório e o sepultamento ficou restrito apenas à família.

Segundo informações de parentes e amigos do artista plástico, ele estava hospitalizado desde o dia 3 de dezembro, pois vivia doente, e teria contraído o coronavírus na própria unidade de saúde.

O carnavalesco Sebastião Cardoso, que era amigo de Tercílio Borralho, disse que, apesar de não residir mais na Madre Deus, sempre que passava por lá, ele o chamava para conversar. “Tercílio era uma pessoa muito preservada pela família, que cuidava muito bem dele. É uma grande perda e estamos muito tristes”, disse.

Tercílio Borralho era natural do município de Primeira Cruz e iniciou os estudos na área artística com o pintor Espírito Santo, em 1963. Cursou História da Arte no Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco e chegou a expor trabalhos na Coletiva de Arte da galeria do jornal O Imparcial.

Na década de 1970, Tercílio Borralho participou da Coletiva da Pré-Bienal de São Paulo, a nível estadual. Em sua temática pictórica figurativa, costumava retratar mulheres do povo, amigos e pessoas de sua família.

FONTE: Jornal O Estado do Maranhão

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.