23/05/2024
Sem categoria

Obras maranhenses no catálogo do Programa Nacional do Livro

Obras maranhenses no catálogo do Programa Nacional do Livro

Dois livros do escritor Wilson Marques figuram no guia do Governo Federal destinado às escolas da rede pública; educadores têm até sexta-feira, 28, para apontar as publicações que serão adotadas em salas de aula.

SÃO LUÍS- O escritor maranhense Wilson Marques teve duas de suas obras – “Fábulas de la Fontaine em cordel” e “As aventuras de Wirai” – ainda inéditas, selecionadas para o catálogo do Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD), do Governo Federal. O catálogo tem como finalidade disponibilizar aos educadores da rede pública, obras escolhidas por uma comissão capacitada, cabendo às escolas a seleção dos livros a serem adotados, a partir dos apontamentos do guia. Os livros estão disponíveis para a escolha dos educadores de todo o país até sexta-feira (28).


O edital PNLD 2018 Literário prevê a avaliação e distribuição de obras literárias para os estudantes da Educação Infantil, dos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º anos). “Agora, para que realmente cheguem às mãos dos nossos alunos, os livros devem ser escolhidos de maneira conjunta pelo corpo docente e dirigentes das escolas, com base na análise das informações contidas no Guia Digital do PNLD”, frisa Wilson Marques.

As obras do maranhense que figuram no catálogo integram a coleção da editora Kit’s e têm ilustrações de Cibele Queiroz. Narrada em versos de cordel, “As aventuras de Wirai” fala sobre as peripécias de um pequeno Guajajara que, perdendo-se em plena floresta, faz amigos, se safa de inimigos e supera desafios, até que, depois de uma construtiva experiência, é resgatado pelo pai. “Neste livro abordo a cultura indígena de forma a promover uma reflexão sobre a arte e a cultura Guajajara”, destaca Wilson Marques. 

Já “Fábulas de La Fontaine em cordel” reúne algumas das famosas fábulas de Esopo. Pérolas que, mais tarde, revisitadas pelo poeta francês La Fontaine, consagraram-se definitivamente como um patrimônio de todos. “As fábulas de esopo são muito atuais e o livro se mostra interessante a partir deste ponto de vista”, ressalta o escritor.

Para Wilson Marques, integrar o catálogo do PNLD é uma grande oportunidade de poder levar suas produções para alunos de todo o país. “Fiquei muito feliz por poder participar com dois livros, ainda inéditos, de uma seleção feita por uma comissão capacitada e experiente. Espero que os educadores possam apontar os livros para serem trabalhados nas escolas”, pontua o escritor que teve, neste ano, dois dos seus livros, “Arte e manhas do Jabuti” (Autêntica Editora) e “Criações – Mitos Tenetehara” (Paulus), aprovados no catálogo da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), produzido especialmente para a Feira Internacional do Livro Infantil de Bolonha, que é a maior do mundo no setor.

Atualmente, Wilson Marques se prepara para lançar seu mais novo livro, “Adivinha quem foi o miolo do boi”, com selo da Editora do Brasil. A obra é uma homenagem a uma das maiores e mais belas festas populares do país, o bumba meu boi do Maranhão. O lançamento será em breve, em São Luís.
Autor de livros infanto-juvenis com mais de uma dezena de títulos publicados, Wilson Marques é publicitário e jornalista. Maranhense de Caxias, reside em São Luís e, ao longo dos anos, trabalhou em diversos ramos onde a comunicação e arte se misturam: fotografia, publicidade, assessorias de comunicação e, claro, escrevendo livros. Mantém o projeto “Passeios pela História e Cultura do Maranhão” e, com o projeto, tem visitado cidades do Maranhão para levar livros e teatro para crianças de escolas públicas.

A cultura popular sempre foi fonte inesgotável da qual Wilson Marques bebe com frequência. Foi assim com obras das quais fala sobre personagens das lendas e mitos do Maranhão e também de outros lugares. Exemplos são “A Menina Inhame” e “Os dois irmãos e o Olu”, que abordam contos africanos transformados em cordel pelo maranhense.

Catálogo

O Guia digital do PNLD estará disponível no portal www.fnde.gov.br e traz as resenhas dos livros aprovados, os princípios e critérios que nortearam a avaliação pedagógica. As obras serão ainda, segundo o edital, disponibilizadas em sua integralidade para visualização pelos professores durante o período de escolha.

Poderão receber obras literárias do PNLD Literário 2018 as escolas públicas federais e as redes de ensino municipal, estadual ou distrital. E as instituições comunitárias, confessionais ou filantrópicas sem fins lucrativos, conveniadas com o poder público e participantes do PNLD, que tenham firmado Termo de Adesão ao programa, conforme os termos da Resolução CD/FNDE nº 42, de 28 de agosto de 2012, observados os prazos, normas, obrigações e procedimentos estabelecidos pelo MEC. 

Serviço
O quê
Escolha de livros didáticos a partir do catálogo do Programa Nacional do Livro e do Material Didático
Quando
Até sexta, 28
Onde
No portal www.fnde.gov.br
*Para professores da rede pública

Fonte: Caderno Alternativo – Estado do Maranhão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.