14/04/2024
Sem categoria

PF investiga loteamento de cargos da pesca com PRB e derrame de carteiras

A PF e o Ministério Público Federal estão investigando o esquema de loteamento das Superintendências Federais da Pesca por filiados ao PRB, indicados pelo ex-ministro da Pesca, senador Marcelo Crivella, depois substituído por seu suplente no Senado, pastor Eduardo Lopes. Pode-se dizer que, em se tratando de superintendência da pesca, caiu na rede é PRB.

Segundo as investigações, 17 das 27 superintendências, inclusive da Paraíba (Samuel Coelho Lemos), são ocupadas por militantes do partido. As dez restantes são ocupadas por partidos aliados nos Estados ao PRB, apurou a Polícia Federal: PP, PTN, PTC e PT. Além do esquema de loteamento doméstico dos cargos, a PF investiga denúncia de uso eleitoral das carteiras de pescador.

A carteira de pescador garante, como se sabe, o pagamento de um salário mínimo nos meses em que a pesca de algumas espécies fica proibida (seguro defeso), cesta básica além de outros benefícios, como aposentadoria especial. O detalhe é que, um mês antes do início da campanha eleitoral, o Ministério da Pesca alterou norma interna e permitiu que carteiras de pescador, antes confeccionadas pela Casa da Moeda, fossem emitidas em papel comum.


O derrame de carteiras foi avassalador, conforme revelam as primeiras investigações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.