14/04/2024
Sem categoria

PRESIDENTE DO SANTOS DIZ QUE NEYMAR É MELHOR QUE GANSO E RONALDO

MÔNICA BERGAMO

bergamo@folhasp.com.br

Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro no gol da Vila Belmiro, em Santos

O ARQUEIRO DA VILA

O presidente do Santos diz que Neymar é melhor que Ganso e Ronaldo e afirma que o técnico Muricy Ramalho será liberado se for convidado para comandar a seleção

——————————————————————————–
” [Neymar vive com] Muito menos [que R$ 50 mil]. Vai gastar com o quê? Se houvesse convite e o Muricy aceitasse, eu teria que respeitar. É serviço militar”

” Fizemos uma proposta igualzinha à do Neymar [para Ganso]. Está pronta. Garantiria um mínimo que é três vezes e meia o que ele ganha hoje: R$ 450 mil”
——————————————————————————–

Quando estudava no colégio São Luís, em SP, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, 68, tinha um apelido: “Santista”. Só ele e o colega Eduardo Suplicy torciam para o alvinegro na escola. Hoje presidente do Santos, mantém no gabinete um quadro do avô, Alvaro de Oliveira Ribeiro, que em 1916 comandou a compra do terreno da Vila Belmiro. À coluna, ele diz que Neymar é “champanhe” e Ganso, “um vinho Bordeaux”. Abaixo, um resumo da conversa:

OS CRAQUES

É evidente que um dia o Neymar e o Paulo Henrique [Ganso] vão querer jogar lá fora. Em 13 de maio de 1888 acabou a escravidão no Brasil e não tem sentido você ter um jogador insatisfeito, mal humorado e se sentindo desvalorizado. Se quiser sair, respeitados os interesses do Santos, eles têm o direito. Só que eles querem disputar o Mundial em Tóquio, estar aqui na festa do centenário no ano que vem, disputar mais uma Libertadores.

NEYMAR

Ele está se transformando num fenômeno raro no Brasil. Ele é um fato midiático. Talvez depois do Ayrton Senna não tenha havido nenhum herói com a capacidade do Neymar de agradar em termos universais.

Folha – Nem o Ronaldo?
Não dá pra comparar! O Ronaldo desenvolveu a carreira dele lá fora, sempre muito distante. Quando jogava na seleção, era o ídolo. O Neymar foi jogar no campo do Vasco e, na saída do vestiário, tinha 300 adolescentes com a camisa do Vasco, pedindo para encostar um dedo nele, tirar fotografia, pegar um autógrafo. Ele é muito acessível. O sorriso dele é de adolescente. Treinado pela gente, ele fez curso de “media training”, tem fonoaudióloga para se expressar melhor. Tem uma capacidade de comunicação rara, que o Ronaldo não tinha. E não fala mais bobagens. Dá entrevistas sensatas.

Joga mais que o Ronaldo?
Eu sou suspeito, porque sou, depois do pai, o fã número dois dele. O único melhor que o Neymar é o Pelé.

É melhor que o Ganso?
Eu acho. São diferentes. O Neymar é champanhe. Um espumante, borbulhante. O Ganso é um Bordeaux safrado, um vinho muito sólido para você tomar num momento certo. Não dá para você comparar uma Veuve Clicquot com um Château Margaux. Os dois são muito bons, cada um à sua hora.

NEYMAR PAI
O pai dele é bravo e estrito. Sou pai de seis filhas, tenho neto, sou mais liberal. Para mim, os jovens podem tudo. Quando o pai dá uma bronca, ele fala: “Vou ligar pro presidente”.

E quando ele ficou “grávido”?
Assumiu com uma coragem e uma maturidade raras num menino de 19 anos. Você vê as histórias dos outros jogadores, que produzem filhos mundo afora e que só com exame de DNA é que eles assumem. Como o Ronaldo?
É. [Pensa e muda] Não sei [risos]. Mas o Neymar é um cara diferenciado. Tem aulas semanais de administração de portfólios. Em cinco anos, eu diria que ele pode ser um banqueiro. O Neymar, o pai e a irmã. A gente o assiste com alguns dos mais notáveis especialistas do mercado financeiro. E ele tem uma mesada restrita. Aplica o resto, com a nossa assistência para que ele não seja vítima de oportunistas, de caras que querem vender um bonde, uma passagem para a Lua.

Quanto é a mesada? R$ 50 mil?
Muito menos. Ele vai gastar com o quê? Tem cama, comida, carro.

AUMENTO PARA GANSO
Fizemos uma proposta igualzinha à do Neymar. Está em aberto, pronta. Eu garantiria a ele um mínimo que é três vezes e meia o que ele ganha hoje fixo: R$ 450 mil. Na carteira, seria o teto [R$ 180 mil]. Acho que o Paulo Henrique está vivendo um momento de decisão que não é fácil para um menino de 21 anos. O Santos é um porto seguro. De vez em quando a gente faz pato no tucupi para ele. Minha cozinheira é paraense. Eu compro pato no [mercado] Santa Luzia e o tucupi e o jambu, ela traz de Belém.

DIS (GRUPO DE EMPRESÁRIOS DE GANSO)
O futebol brasileiro precisa tentar se livrar desse tipo de empresário. Futebol é emoção, e o capital só vê cifrão. Torcedor não pode ser vítima dessa enganação.

MURICY NA SELEÇÃO
Se houvesse o convite e o Muricy aceitasse, eu teria que respeitar. Ele tem contrato com a gente, mas é como um contrato de locação. Se o Brasil entrar numa guerra e precisar de sua casa para um quartel-general, você tem que ceder. Se a CBF desapropriar o Muricy, vou lamentar, chiar. Tem multa, mas a seleção é uma cláusula de isenção natural. É convocação para o serviço militar. Mas o técnico da seleção é o Mano, vai ficar.

OS MENINOS NA SELEÇÃO
Não estão jogando bem. Ninguém brilhou na seleção, o que é perfeitamente compreensível. Tem que jogar junto para você saber o tempo de jogo do seu colega. A seleção do Uruguai vem junta há três anos, era natural que ganhasse a Copa América. Outra coisa ruim é a presunção de que você é melhor que o outro.
Eles [seleção] foram pra Copa América e diziam: “Finalmente Neymar e Ganso, finalmente o Pato na frente, namorado da filha do Berlusconi e tal”. A gente achou que era mais do que os outros. Futebol não é isso, são 90 minutos em igualdade.

DENÚNCIAS CONTRA RICARDO TEIXEIRA
Eu não ponho a mão no fogo por absolutamente ninguém, nem por mim mesmo. Sou um ser humano passível de erro, como tudo mundo. Mas nunca me deu razão para dizer que foi desleal a mim nem ao Santos.

Acha que ele está há tempo demais no cargo?
Acho. E acho que o Fidel também está há muito tempo em Cuba, a rainha Elizabeth está há muito tempo na Inglaterra. É um assunto que não passa pela minha alçada. Eu não voto para presidente da CBF, eu voto para presidente da federação paulista. A federação, como a de Rondônia, é que vota pra presidente da CBF. Aqui no Santos nós estabelecemos um limite: você tem direito a uma reeleição. A rotatividade de poder é um oxigênio para uma empresa, uma entidade ou um órgão público. Na CBF, na minha empresa e no Santos Futebol Clube.

ESTÁDIO
O nosso [futuro estádio] custará zero. É uma decisão estratégica de não tirar um centavo de nosso negócio, que é disputar títulos, para investir em um ativo de rentabilidade duvidosa como campo de futebol. A conta não fecha.

O ESTÁDIO DA COPA
O Corinthians, com o Itaquerão, tem uma oportunidade de mercado. Mas você tem exigências da Fifa que são leoninas. Vi declaração do Andres [Sanchez, presidente do Corinthians] dizendo que o estádio custaria bem menos se não fossem as exigências para a Copa. Elas são de um elitismo absoluto, e rentabilizar isso será um desafio. O Corinthians vai ter dificuldades no futuro. Terá que pagar o empréstimo [do BNDES]. E eu quero ver! Bom, o Corinthians tem uma torcida grande, eles são bons administradores. Mas eu não tomaria esse risco. Não é o meu estilo.

GLOBO X CLUBE DOS 13
Direitos de televisão envolvem audiência, expertise e aceitabilidade por parte do patrocinador da nossa camisa, que é nossa segunda fonte de renda. Você prefere botar o seu anúncio no “Jornal Nacional” ou no “Jornal da Cultura”? É um problema aritmético.

Os patrocinadores não anunciariam em outra emissora?
Por uma verba menor, não tenho dúvida! A gente sentiu isso claramente quando conversou com nossos patrocinadores. Se eu estou com um problema no coração, vou fazer uma tomada de preço, sem levar em conta a especialização do médico? O recém-formado em Muzambinho [comparando com as concorrentes da Globo] certamente vai me pagar alguma coisa para depois poder botar no cartãozinho que operou o presidente do Santos. Se eu for ao [cardiologista Adib] Jatene, vou ter que pagar pela experiência.

——————————————————————————–
(DIÓGENES CAMPANHA e MÔNICA BERGAMO)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.