19/06/2024

Sampaio estreia com derrota para o Sport na Série B

Dando sequência na primeira rodada do Brasileirão SportingBet Série B, oito equipes entraram em campo durante este sábado (9). No fim, apenas o Sport conquistou três pontos com vitória diante do Sampaio Corrêa por 1 a 0. Já os confrontos Chapecoense x ItuanoPonte Preta x Grêmio e Tombense x Operário-PR terminaram com uma igualdade no marcador.

Sport 1 x 0 Sampaio Corrêa
As equipes protagonizaram 45 minutos de poucas emoções na Ilha do Retiro. Somente aos 38, o Sport criou a primeira boa oportunidade com Pedro Naressi, que aproveitou cruzamento de Luciano Juba, mas mandou para fora. Três minutos depois, o camisa 6 teve mais uma chance, só que dessa vez esbarrou no goleiro Luiz Daniel.

Depois das conversas nos vestiários, o Sampaio começou o segundo tempo pressionando no ataque. Gabriel Poveda e Matheusinho tiveram chances, mas não conseguiram aproveitar. Aos poucos, o Sport colocou ordem na casa e passou a controlar as ações. Alan e Luciano Juba chegaram com perigo e novamente Luiz Daniel salvou a equipe maranhense. Mas o Leão seguiu insistindo e, aos 42, Ezequiel levantou a bola na área e Vanegas foi no segundo andar para garantir os primeiros três pontos do Sport na Série B 2022.

Chapecoense 1 x 1 Ituano
Mandante da partida, o Verdão tomou a iniciativa do jogo durante boa parte do primeiro tempo. Léo de cabeça, Luizinho de fora da área e Perroti em chute colocado chegaram perto de marcar. Passados os 30 minutos de jogo, o Ituano apareceu mais no campo ofensivo. Aylon, aos 32, levou perigo. Enquanto, aos 37, João Victor bateu por cima do goleiro, mas antes da bola encontrar as redes, Léo chegou para salvar a Chape. Minutos antes do intervalo, Victor Ramos tentou mais uma para o time da casa e Rafael Pereira respondeu para o Galo.

No reinício do duelo, foi a vez do Ituano pressionar nos primeiros minutos do segundo tempo. Aylon, Lucas Siqueira e Rafael Elias tiveram boas chances. Do outro lado, Maranhão tentou responder para o time da casa, aos 11. A partir daí o confronto perdeu intensidade. Até que, já aos 30 minutos, Mário Sérgio cobrou falta na área e Aylon testou firme para colocar os visitantes na frente. No embalo do gol, a equipe rubro-negra quase marcou o segundo com Calyson, aos 34. Menos de dez minutos depois, foi a vez da Chape reaparecer no ataque com Ronei que cruzou rasteiro na medida para Derek deixar tudo igual na Arena Condá.

Ponte Preta 0 x 0 Grêmio
A etapa inicial foi marcada pelo equilíbrio na posse de bola, no entanto, enquanto o time da casa não conseguiu criar no ataque, o Tricolor teve quatro boas oportunidades para abrir a contagem no Moisés Lucarelli. Lucas Silva, logo aos dois minutos, desperdiçou a primeira chance clara de gol. Na sequência, após cobrança de escanteio, Bruno Alves chegou com muito perigo. Já aos 23, Lucas Silva teve mais uma oportunidade em cobrança de pênalti, mas mandou para fora. E, os 45 minutos, foi a vez de Elias assustar a defesa da Macaca, mas dessa vez, Caíque França apareceu para fazer a defesa.

Na volta do intervalo, o jogo seguiu equilibrado, mas dessa vez tanto na posse de bola quanto nas chances criadas, que foram poucas. Na melhor oportunidade gremista, Campaz arriscou de fora da área, Caíque fez a defesa parcial e, no rebote, Bitello apareceu livre, mas errou o alvo, aos 13. Enquanto, a Ponte teve sua chance de abrir o placar, já aos 34 minutos, em arremate de Matheus Anjos. Mas foi o 0 a 0 que prevaleceu no marcador até o apito final.

Tombense 1 x 1 Operário-PR 
Mesmo jogando longe dos seus domínios, o Operário dominou as ações nos primeiros minutos de jogo e chegou a assustar, principalmente em finalização de Felipe Garcia. Passados os 20 minutos de bola rolando, o Tombense colocou ordem na casa e apareceu mais no ataque. Keké, aos 22, bateu rasteiro, mas errou o alvo. Dois minutos depois, Everton Galdino aproveitou uma bobeira da defesa adversária e por pouco não abriu a contagem. Na sequência, Ciel teve duas boas oportunidades, mas também não conseguiu balançar as redes.

Já no segundo tempo, Ciel voltou a ter uma boa chance, dessa vez em cobrança de pênalti, e não desperdiçou: 1 a 0 Tombense. No embalo do gol, o atacante quase marcou mais um, mas acertou a trave. Ainda no ataque, o time da casa teve chances com Jean Lucas e de novo em finalização de Ciel. Mas, aos 41, o Operário deixou tudo igual com Felipe Saraiva e deu números finais ao duelo disputado em Muriaé (MG).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.