14/04/2024

São Paulo leva virada do Sport, mas se classifica nos pênaltis na Copa do Brasil

São Paulo está nas quartas de final da Copa do Brasil. Mas foi no drama. Afinal, nesta quinta-feira (1/6) na fria capital paulista, perdeu o jogo de virada para o Sport, por 3 a 1. Como ganhou na ida (2 a 0), o resultado levou a decisão para os pênaltis. quando venceu por 5 a 3.  A vaga veio, mas o grande público presente no Morumbi (49.752) viu o time perder pela primeira vez desde a chegada de Dorival Júnior (antes do jogo, sete vitórias e quatro empates). Esta foi a primeira vez na história que o Sport venceu o São Paulo no Morumbi.

O Tricolor fez ótimo primeiro tempo e saiu na frente num golaço de Michel Araújo. Mas o Sport empatou no fim da etapa inicial (com Alisson) e virou no inicio do segundo tempo (Sabino, de cabeça após escanteio). E presionou até o fim um rival que foi apático, fazendo 3 a 1 nos acréscimos, de novo com Sabino em repeteco do segundo gol. Nas cobranças, o goleiro Rafael defendeu a cobrança de Juba.

São Paulo está nas quartas de final da Copa do Brasil. Mas foi no drama. Afinal, nesta quinta-feira (1/6) na fria capital paulista, perdeu o jogo de virada para o Sport, por 3 a 1. Como ganhou na ida (2 a 0), o resultado levou a decisão para os pênaltis. quando venceu por 5 a 3.  A vaga veio, mas o grande público presente no Morumbi (49.752) viu o time perder pela primeira vez desde a chegada de Dorival Júnior (antes do jogo, sete vitórias e quatro empates). Esta foi a primeira vez na história que o Sport venceu o São Paulo no Morumbi.

O Tricolor fez ótimo primeiro tempo e saiu na frente num golaço de Michel Araújo. Mas o Sport empatou no fim da etapa inicial (com Alisson) e virou no inicio do segundo tempo (Sabino, de cabeça após escanteio). E presionou até o fim um rival que foi apático, fazendo 3 a 1 nos acréscimos, de novo com Sabino em repeteco do segundo gol. Nas cobranças, o goleiro Rafael defendeu a cobrança de Juba.

Com a classificação, o São Paulo  – que ganhou R$ 3,3 milhões pela participação nas oitavas (assim como o Sport), garante mais R$ 4,3 milhões pela presença nas quartas de final da competição.

Sport com a bola, São Paulo com os lances de perigo

O Sport, precisando vencer, foi quem tomou a inciativa e teve maior volume de jogo, chegando bem na área do São Paulo. Contudo, o Tricolor paulista era muito objetivo e usava a velocidade e o toque de bola para chegar com extremo perigo.  Assim,  quase marcou em três oportunidades: uma finalização de Caio Paulista, uma cabeçada de Alisson e um lance individual com chute cruzado de Calleri. Nas três, o goleiro Renan fez defesas excepcionais.

Mas, aos 25, Renan não fez milagre. Numa jogada individual sensacional, Michel Araújo tabelou com Luciano, cortou dois jogadores entrando na área e tocou na saída do goleiro. São Paulo 1 a 0 em lance primoroso.  O Sport seguiu buscando o gol e quase marcou aos 30, numa falta cobrada por Jorginho que Juba roçou e o goleiro Rafael espalmou. Mas o São Paulo era melhor. Gabriel Neves e Alisson quase ampliaram. Contudo, no fim do primeiro tempo, após escanteio rechaçado pela defesa, Felipinho mandou uma bomba. Rafael fez defesa parcial e o zagueiro Alisson mandou para a rede.

Virada pernambucana

O empate no fim do primeiro tempo acordou o Sport. E, inexplicavelmente, o São Paulo voltou apático. Deixou o Sport mandar em campo. Numa falta cobrada por Juba, Rafael espalmou para escanteio. Pouco depois, aos cinco. numa cobrança de escanteio pela esquerda, Jorginho levantou e Sabino virou para os pernambucanos. O São Paulo seguiu sem entrar no jogo e o que se viu foi o Sport tentando mais um gol para levar a decisão para os pênaltis. Mesmo mal, o time paulista segurava o placar para garantitr a vaga. Contudo, aos 48. Um repeteco do segundo gol. Escanteio cobrado da esquerda (desta vez de Edinho) e gol de Sabino: Sport 3 a 1. Decisão nos pênaltis.

Nas penalidades

Para o São Paulo: Wellington Rato, Beraldo, Calleri, Rafinha e Pablo Maia acertaram para o São Paulo

Para o Sport:  Sabino, Alisson e Rafael Thyere acertaram para o São Paulo; Mas Rafel defendeu a cobrança de Juba.

SÃO PAULO 1X3 SPORT – nos pênaltis,  São Paulo 5 a 3

Jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil – 2023

Data: 1/6/2023

Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)

Público pagante: 49.752

Renda: R$ 2.494.311,00

SÃO PAULO: Rafael, Rafinha, Beraldo, Diego Costa (Arboleda, aos 21′ do 1ºT) e Caio Paulista; Pablo Maia, Gabriel Neves (Wellington Rato, aos 21′ do 2ºT), Alisson (Méndez, aos 33′ do 2ºT) e Michel Araújo (David, aos 43′ do 2ºT); Luciano (Marcos Paulo, aos 21′ do 2ºT) e Calleri. Técnico: Dorival Júnior

SPORT: Renan; Eduardo (João Igor, aos 45′ do 2ºT), Rafael Thyere, Alisson (Méndez, aos 33′ do 2ºT), Sabino e Felipinho; Ronaldo (Kayke, aos 45′ do 2ºT), Fábio Matheus e Jorginho (Gabriel Santos, aos 20′ do 2ºT) Fabrício Daniel (Edinho, aos 20′ do 2ºT) e Luciano Juba. Técnico: Enderson Moreira

Gols: Michel Araújo, aos 25′ do 1ºT  (1-0); Alisson, aos 44′ do 2ºT (1-1); Sabino, aos 5′ do 2ºT (1-2); Sabino, aos 48′ do 2ºT (1-3)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ)

Auxiliar: Luanderson Lima dos Santos (Fifa-BA) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (Fifa-MG)

Cartões amarelos: Rafael Thyere (SPO)