24/02/2024
Sem categoria

Sarney afirma que uso de helicóptero é tributo à democracia

Criticado por usar aeronave pública do MA para passear, senador diz ter direito a regalia por ‘prerrogativa do cargo’

Peemedebista afirma que críticas durante Rock in Rio foram injustas e diz que promoveu liberdade

FELIPE BÄCHTOLD
DE PORTO ALEGRE

Em resposta às críticas por usar um helicóptero do governo do Maranhão para fins privados, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse que os privilégios dos congressistas são uma “homenagem” à democracia.
“Quando a legislação diz que o presidente do Congresso tem direito a transporte de representação, estamos homenageando a democracia, cumprindo a liturgia das instituições. Por conta das prerrogativas do cargo, tenho direito a transporte”, disse ao jornal gaúcho “Zero Hora”.
Em agosto, a Folha revelou que ele se deslocava para sua ilha no Maranhão num helicóptero da Polícia Militar do Estado, governado por sua filha Roseana Sarney (PMDB).
Segundo Sarney, os congressistas recebem privilégios para que não sejam “dependentes” da Presidência: “Quando esses privilégios foram criados, o objetivo era que os deputados fossem livres e seus salários não os fizessem miseráveis”, afirmou.
Ele disse que andou em helicóptero “que não era de particular”, uma referência indireta às caronas de empresários a políticos, como o governador Sérgio Cabral (PMDB).
O senador foi questionado sobre o show da banda Capital Inicial no Rock in Rio, há duas semanas. Na ocasião, o vocalista Dinho Ouro Preto dedicou a Sarney a música “Que País é Este”. Parte do público xingou o senador.
Para Sarney, a manifestação foi “compreensível”, porque o rock “tem o DNA da contestação”, mas “a crítica foi injusta”: “No meu governo contribuiu-se para a maior liberdade de expressão que já tivemos no país. A cultura e a arte devem ser livres. Podem ser injustas, mas não podem deixar de ser livres”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.