21/05/2024

Seleção brasileira treinou com grupo completo, bastante bolas paradas e manteve o foco na Sérvia para a Copa do Mundo

A uma semana da estreia na Copa do Mundo, a seleção brasileira fez sua penúltima atividade em campo no CT da Juventus, em Turim, na Itália. O treino foi feito na íntegra com o grupo de 26 jogadores, incluindo Marquinhos, que havia feito trabalhos específicos nos dias anteriores, se recuperando de um desconforto muscular.

Assim como já havia acontecido na quarta, o foco esteve na Sérvia, rival da estreia, nesta quinta-feira (17). Após priorizar movimentações defensivas, Tite e sua comissão técnica trabalharam situações de construção de jogo e também bolas paradas – um dos pontos fortes dos altos rivais europeus.

Em um momento que deu os primeiros indícios da formação que pode ser usada na próxima quinta (24), no Estádio Lusail, em Doha, no Qatar, Tite dividiu o grupo em dois times, e em ambos a formação com dois pontas abertos pelos lados do ataque.

O primeiro time teve: Danilo, Militão, Thiago Silva, Alex Telles, Fabinho, Fred (que depois deu lugar a Bruno Guimarães), Raphinha, Vinicius Jr, Neymar e Gabriel Jesus (substituído por Pedro).

Em outro campo, um dos quatro do CT da Juventus, faziam o mesmo trabalho: Daniel Alves, Marquinhos, Bremer, Alex Sandro, Casemiro, Lucas Paquetá (alternando com Everton Ribeiro), Rodrygo, Antony, Martinelli e Richarlison.

Os auxiliares Cléber Xavier e Mateus Bachi eram quem comandavam os trabalhos, mas Tite acompanhou de perto os dois grupos e forneceu bastante instruções sobre o que queria ver.

É seguro dizer que nenhum dos dois times separados nesta quinta será o da estreia contra a Sérvia. Mas a forma como os grupos foram escolhidos dá alguns indícios do que pensa Tite: um sistema com talvez Paquetá (ou Fred ou Bruno Guimarães) atuando mais próximo a Casemiro; e Vinicius Jr. e Raphinha pelos lados do ataque (com Richarlison ou Gabriel Jesus como favoritos na referência).

Neymar, no dia em que recebeu a visita de quatro de seus melhores amigos – incluindo o levantador Bruninho -, atuou sempre centralizado.

Na sexta-feira (18), às 11h (no horário de Turim, 7h de Brasília), o Brasil fará seu único treino coletivo em Turim, com enfrentamento entre dois times. No trabalho, a comissão quer ver os movimentos ensaiados hoje. A expectativa é que fique mais claro a equipe favorita para ser titular.

Depois da atividade de sexta, os jogadores ganham folga e se reapresentam no hotel da Juventus no sábado para viajar para Doha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.