19/04/2024
Sem categoria

Sarney volta atrás e manda recolocar impeachment
de Collor em painel que conta a história do Senado
Presidente da Casa havia afirmado que saída do ex-presidente foi “acidente”

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), voltou atrás nesta terça-feira (31) e mandou recolocar a história do impeachment do ex-presidente Fernando Collor no Túnel do Tempo da Casa. Na segunda-feira (30), os painéis que contam a história do Senado desde o Império foram recolocados sem a imagem do impeachment de Collor, que atualmente ocupa uma vaga de senador pelo Estado de Alagoas.

Ontem, Sarney disse que a saída de Collor da Presidência foi um “acidente” na história do país. Collor não chegou a ser cassado pelo Senado porque renunciou ao seu mandato momentos antes da votação no Congresso. Apesar disso, Collor foi condenado pelos senadores e teve seus direitos políticos suspensos. Em 2007 se elegeu senador por Alagoas.

– Eu não posso censurar os historiadores que foram encarregados de fazer a história. Mas acho que talvez esse episódio seja apenas um acidente que não devia ter acontecido na história do Brasil.

Hoje, a assessoria de Sarney informou que o presidente da Casa determinou a recolocação do painel.

Collor ainda não comentou o caso. No início da tarde de hoje, ele tomou a palavra no plenário para discursar sobre política externa brasileira, em especial a respeito da influência da China e da Al Qaeda em alguns países da África. Ao deixar o plenário, porém, o senador recusou-se a falar com os jornalistas que o aguardavam. Ontem, ele já havia ignorado as perguntas da imprensa sobre o assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.