24/02/2024

Adesão do Maranhão à Independência é tema de roda de conversa na FMRB

Com o objetivo de celebrar os 200 anos da Adesão do Maranhão à Independência, o Governo do Maranhão, por meio da Fundação da Memória Republicana Brasileira (FMRB), apresenta uma programação especial nesta quinta-feira (27), a partir das 17h, no Auditório Padre Antônio Vieira, no Convento das Mercês. O evento é gratuito e aberto ao público em geral, e tem como finalidade discutir a importância do acontecimento para a história local e nacional.

A roda de conversa vai contar com as participações do professor do Curso de História da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Marcelo Cheche Galves, do doutor em História, Roni Cesar Andrade de Araújo e do Pe. Jean Marie Van Damme, com mediação da Dra. Raissa Gabrielle Cirino (PPGHIST/UEMA).

A equipe do Arquivo Público do Estado do Maranhão (APEM) vai promover uma breve contextualização sobre a importância das fontes documentais, relacionadas a esse momento histórico, em um passeio rumo ao conhecimento da história do Brasil.

A data

A história conta que o Maranhão foi o último estado a aderir à Independência do Brasil, reconhecendo a emancipação apenas em 28 de julho de 1823. Historiadores e pesquisadores da área apontam que a principal motivação do reconhecimento tardio se deu em virtude da resistência das elites agrícolas e pecuaristas que tentavam assegurar relações econômicas diretas com Portugal.

Desde então, o 28 de julho é reconhecido como o dia da Adesão do Maranhão à Independência.