20/05/2024

Bruno Baio brilha, Sampaio Corrêa vence o Imperatriz fora e abre vantagem na semifinal do Maranhense

O Sampaio Corrêa abriu vantagem por uma vaga na final do Campeonato Maranhense 2024. Jogando no estádio Frei Epifânio, o Paio contou com um bom jogo de Bruno Baio para vencer o Imperatriz por 2 x 0 e ir mais tranquilo para a partida da volta e seguir sonhando em busca do 37º título estadual.

Os gols foram marcados pelo camisa 9 aos oito e 40 minutos do primeiro tempo. Gols que levaram o jogador a nove no Maranhense, se isolando ainda mais na artilharia da competição.

Com o resultado deste sábado, o time do técnico Thiago Gomes joga na partida de volta por um empate e até mesmo uma derrota por um gol de diferença para avançar à final do Maranhense.

Próximos jogos do Maranhense

Cavalo de Aço e Bolívia Querida voltam a se enfrentar já na próxima terça-feira (9). O jogo está marcado para o estádio Castelão, às 19h30.

Já a outra semifinal está sendo disputada entre Tuntum e Maranhão. O primeiro jogo é neste domingo (7) no estádio Rafael Seabra. A volta acontece na quinta-feira (11), no Castelão, às 20h15.

Imperatriz x Sampaio – O jogo

Com o gramado do estádio Frei Epifânio encharcado, Imperatriz e Sampaio fizeram um bom primeiro tempo e cheio de chances de gols. Embora contando com o apoio da sua torcida, quem aproveitou melhor as chances e foi letal nos primeiros 45 minutos foi o Paio. E graças ao goleador do Maranhense.

Bruno Baio começou a brilhar logo aos oito minutos. João Felipe fez boa jogada na esquerda e cruzou na cabeça do camisa 9, que não desperdiçou para abrir o placar.

O Imperatriz tentou, então, partir para o empate. E teve algumas chances. Porém, viu o experiente goleiro Felipe fechar a barra. A melhor – e mais bonita – defesa veio em chute forte de Luciano Índio.

Porém, aos 40, após um contra-ataque rápido, Edrean achou Bruno Baio novamente. Bem posicionado, o atacante ajeitou a bola e marcou o segundo gol da partida.

Na etapa final, o Imperatriz se lançou ao ataque. Mas viu o Paio bem postado. Então foi preciso tentar de todas as formas: de dentro da área, de fora, com bolas alçadas na área. Os mandantes foram martelando e tentando amadurecer o gol. Em um dos principais lances, Felipe fez importante defesa aos 22 minutos em chute quase a queima-roupa.

Com o Imperatriz se lançando ao ataque, o Paio acabou tento alguns espaços nos minutos finais da partida. E em uma delas, Ferreira arriscou de longe e obrigou Régis a fazer uma linda defesa, mandando para escanteio.

Depois, com as mexidas, o jogo caiu de produção, não alterando mais o placar. Resultado importante, no final das contas, para o Sampaio no primeiro jogo da semifinal do Maranhense.

FICHA TÉCNICA

Imperatriz 0
Régis; Fabrício, Erivelton, Rafael Araújo e Luciano Índio; Madson, Jardisson e Gleisson; Café, Brunão e Wellington Jr (Guilherme). Técnico: Reinaldo França.

Sampaio Corrêa 2
Felipe; Lucas Lopes, Franklin, Cortez (Hiago) e Thallyson; Pablo Oliveira (Cebolinha), Ferreira e João Felipe; Rafael Luiz (Gazão), Edrean (Itambé) e Bruno Baio (Evandro). Técnico: Thiago Gomes.

Local: Frei Epifácio
Árbitro: José Henrique de Azevedo Júnior
Assistentes: Antônio Adriano de Oliveira e Edna Cristina Santos Ferreira
Cartão amarelo: Lucas Lopes, Pablo Oliveira, Rafael Luiz, João Felipe, Cebolinha (Sampaio); Wellignton Jr, Guilherme, Madson (Imperatriz)
Gols: Bruno Baio, 8/1ºT e 40/1ºT (Sampaio)