19/05/2024
Sem categoria

Bumba-meu-boi do Maranhão pode virar Patrimônio Cultural do Brasil

É grande a expectativa em Brasília,pois nesta terça-feira, 30 de agosto, quando vai acontecer a reunião dos membros do Conselho Consultivo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan, que vai avaliar o pedido de registro do Complexo Cultural do Bumba-meu-boi do Maranhão como Patrimônio Cultural do Brasil. A solicitação foi encaminhada ao presidente do Iphan em 14 de abril de 2008 por intermédio de requerimento assinado por representantes de uma Comissão constituída pela Superintendência do Iphan no Maranhão, Secretaria de Estado da Cultura, Fundação Municipal de Cultura de São Luís, Comissão Maranhense de Folclore, Grupo de Pesquisa Religião e Cultura Popular (da Universidade Federal do Maranhão) e os representantes dos grupos de Bumba-meu-boi por sotaques: Antonio Fausto Silva (Zabumba), José de Jesus Figueiredo (Baixada), Antoniel Alves Santos (Costa-de-mão), Wilson Lopes Carvalho (Orquestra) e Natividade Cristina Costa Mendes (Matraca).
Com a conquista desse título, o Bumba-meu-boi passará a integrar o rol dos 23 bens registrados como Patrimônio Cultural do Brasil, sendo o quinto bem cultural inscrito no livro das Celebrações e o primeiro a ser registrado esse ano. Para que o Bumba-boi maranhense recebesse o título, a Superintendência do Iphan no Maranhão realizou um trabalho de quatro anos, iniciado em 2007, com a complementação do Inventário Nacional de Referências Culturais do Bumba-meu-boi, documentação fotográfica, produção de um vídeo, elaboração do dossiê descritivo, realização de duas pesquisas nas áreas de música e dança do Bumba-meu-boi e reunião de materiais diversos sobre o Bumba tais como livros, CD’s, DVD’s e trabalhos científicos (monografias, dissertações, teses e artigos) e pequenos impressos (folders, cartazes, programações juninas etc).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.