27/02/2024

Grande Rio canta Exu e é campeã do Grupo Especial pela 1ª vez no Rio

Caxias está em festa! A Acadêmicos do Grande Rio conquistou o título do Grupo Especial do Rio de Janeiro, o primeiro de sua história.

A confirmação do resultado previsto após um desfile arrebatador veio ao final da apuração das notas, realizada na tarde desta terça-feira (26), na Marquês de Sapucaí. A São Clemente, que homenageou o ator Paulo Gustavo, foi rebaixada para a Série Ouro.

Foram anos batendo na trave, incluindo o último Carnaval, o de 2020. A tricolor, que cantou em 2007 que qualquer dia chegava lá, realizou seu grande sonho ao defender um enredo corajoso e importante para a desmistificação de Exu, entidade espiritual das religiões de matriz africana.

Fala, Majeté: Sete Chaves de Exu foi desenvolvido pelos carnavalescos Leonardo Bora e Gabriel Haddad. O samba-enredo é assinado por Gustavo Clarão, Arlindinho Cruz, Jr. Fragga, Claudio Mattos, Thiago Meiners e Igor Leal.

“Difícil a gente se recuperar de tanta emoção e voltar a pôr os pés na terra depois dessa ode à vida. Exu – dizem – tem fome de vida. E transmite essa gana de viver a um povo sofrido como o de Caxias. Povo capaz de, mesmo com o descaso com que o tratam, erguer uma voz tão linda para cantar e, dançando, ir em busca da ansiada vitória. Salve Gabriel Haddad! Salve Leonardo Bora! Que trouxeram para a Grande Rio a autoestima que constrói vitória e redime”, disse a comentarista do SRzd, Rachel Valença.

A apuração começou com 20 minutos de atraso em relação ao horário inicial. Paraíso do Tuiuti, por ter ultrapassado o tempo em dois minutos, largou com menos dois décimos. A outra agremiação punida foi a Mocidade, em virtude de falha no acoplamento de uma das alegorias, perdendo um décimo.

As notas foram lidas na seguinte ordem de quesito; fantasia, harmonia, comissão de frente, samba-enredo, bateria, alegorias e adereços, enredo, mestre-sala e porta-bandeira e evolução. A sequência dos itens para desempante foi a inversa em relação a leitura. Cada quesito foi avaliado por cinco julgadores, sendo a maior e a menor nota de cada quesito, descartada.

Largaram na frente, Grande Rio e Beija-Flor. O rebaixamento da São Clemente, já esperado pelo que se viu na pista, começou a ser desenhado logo de cara. Surpreendentemente, a escola de Caxias perdeu um décimo num dos quesitos em que ela era apontada como uma das mais fortes; samba-enredo. Daí para frente, reinou soberana no primeiro lugar, somando 269,9 pontos.

Campeã: Grande Rio – 269,9
Vice: Beija-Flor – 269,6
3º: Viradouro – 269,5
4º: Vila Isabel – 269,3
5º: Portela – 269,2
6º: Salgueiro – 268,3

(As seis primeiras desfilam na Campeãs, no próximo sábado, dia 30 de abril)

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.