14/04/2024
Sem categoria

MOSTRA ONDE CANTA O SABIÁ NO TEATRO JOÃO DO VALE

Alternativo13/09/2011 – 00h00

Música para toda a semana

A música será a grande estrela da semana na mostra Onde Canta o Sabiá, que acontece de hoje a sexta-feira, no Teatro João do Vale (Praia Grande). Realizada pelo Serviço Social do Comércio (Sesc), a mostra reúne apresentações, exibição de filmes, mesas redondas, oficinas e shows de artistas locais.

Onde Canta o Sabiá integra a Rede Sesc de Mostras de Músicas, cujo objetivo é criar oportunidades para a formação e qualificação de produtores e consumidores da cultura. O projeto recebe apoio do Sesc nacional e busca, nos estados nos quais acontece, fortalecer a música por meio da divulgação da diversidade cultural brasileira, ao mesmo tempo em que estimula a pesquisa e intercâmbio de conhecimentos na área.

Este ano, um dos destaques da mostra será a oficina Violas do mundo, ministrada pelo solista de viola Fernando Deghi, de São Paulo. O evento ocorre sexta-feira, a partir das 14h30, no Teatro João do Vale e será aberto ao público.

Um dos grandes nomes da viola caipira de 10 cordas, Fernando Deghi tem contribuído significativamente para o crescimento do segmento no Brasil. Desde cedo manifestou seu interesse pela música e, aos 16 anos, realizou seu primeiro concerto. Aos 21 anos teve seu primeiro contato com a viola, paixão que se concretizou em 1989, quando passou a dedicar-se totalmente ao instrumento.

Em 1999, Deghi lançou o CD Violeiro Andante – A Viola Brasileira e Suas Possibilidades, com 14 composições, sendo 13 de sua autoria. Em 2004, conquistou a segunda colocação no I Prêmio Syngenta de Música Instrumental de Viola, com a composição Amazônia.

É também autor do songbook Viola brasileira e suas possibilidades, o qual é utilizado em várias universidades que implantaram em sua grade curricular a viola, entre elas, a Universidade de São Paulo, Universidade Livre de Música e University Flórida, além de escolas e conservatórios de música de várias partes do Brasil, Portugal e Ilha da Madeira.

O artista contribui no ensino à distância, disponibilizando partituras, tablaturas, vídeos e arranjos pelo sistema virtual no Brasil e mundo, criando tendências e vários seguidores. Atualmente, desenvolve ensino à distância personalizado, por intermédio do site oficial www.fernandodeghi.com.br.

Programação – O cinema também terá vez na mostra Onde canta o sabiá. De hoje a sexta-feira, das 8h às 12h, no auditório do Sesc Deodoro, serão exibidos os filmes El Sistem, A Voz do Coração e o Som do Coração. Após cada sessão, haverá mesa-redonda mediada pelo professor Daniel Ferreira. As vagas são limitadas e as escolas interessadas deverão agendar previamente.

Ainda de amanhã a sexta-feira será realizada a oficina Os tambores do Maranhão, das 14h às 17h, na sede da Associação de Moradores Pedro Neiva de Santana (Rua Carlos Gomes – Vila Passos). Serão 30 vagas destinadas a interessados. O ministrante será Alípio Fernandes Souza.

Amanhã, das 8h às 12h, ocorrerá a oficina de violões Práticas Coletivas na Escola de Música Lilhah Lisboa. As aulas serão dadas pela professora Risaelma Maura e o público-alvo serão alunos de licenciatura em música. Serão disponibilizadas 30 vagas e a oficina tem a parceria do Curso de Música Licenciatura, da Universidade Estadual do Maranhão (Uema).

Na quinta-feira, será a vez do projeto Música na escola – concertos didáticos. Das 8h às 12h, os artistas Fernanda Garcia e Paulinho Oliveira percorrerão escolas previamente agendadas realizando o projeto que visa aproximar os alunos do universo encantado da música.

O violonista Fernando Deghi fará, nesse mesmo dia, o concerto Navegares, viola de um brasileiro, às 20h, no Teatro João do Vale. A entrada é gratuita e os interessados deverão retirar o ingresso na bilheteria do teatro. Logo após o concerto haverá apresentação musical da mostra. O show de encerramento ficará a cargo dos cantores Fernanda Garcia e Paulinho Oliveira.

Pela manhã, os trabalhos acadêmicos A Música Popular Produzida em São Luís/MA na Década de Sessenta do Século XX, de José Alves Costa; e A Musicalidade do Bumba meu boi do Maranhão no Ritmo do Sotaque da Ilha em Tempo Presente, de Rogério Ribeiro das Chagas Leitão serão apresentados, das 8h30 às 12h, na Escola de Música Lilah Lisboa.

Serviço

• O quê

Mostra Onde Canta o Sabiá, com vasta programação

• Quando

De hoje a sexta-feira

• Onde

Teatro João do Vale

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.