23/05/2024
Sem categoria

O BRASIL É PENTA-CAMPEÃO MUNDIAL SUB-20

O título foi conquistado já na madrugada de hoje, em Bogotá, graças a uma vitória agônica por 3 a 2 sobre Portugal.
A seleção brasileira agora está a uma conquista de igualar a Argentina, dona de seis títulos da competição, que se disputa a cada dois anos.


OSCAR, único a marcar três em uma final

O Brasil é pentacampeão mundial sub-20. O título foi conquistado já na madrugada de hoje, em Bogotá, graças a uma vitória agônica por 3 a 2 sobre Portugal.
A seleção brasileira agora está a uma conquista de igualar a Argentina, dona de seis títulos da competição, que se disputa a cada dois anos.
A vitória serviu ainda para vingar o Mundial de 1991, quando o Brasil caiu ante Portugal na final, disputada no estádio da Luz, em Lisboa.
A seleção fez uma partida irregular ontem, mas contou com uma jornada inspirada de Oscar. O meia do Internacional se tornou o primeiro atleta a marcar três gols numa final dessa competição.
A seleção portuguesa havia passado 570 minutos sem sofrer um gol sequer no Mundial da Colômbia. Ontem, levou apenas cinco minutos para ser vazada pelo Brasil.
Oscar cobrou falta da intermediária, com a intenção de cruzar na área. O português Sérgio desviou levemente, e a bola morreu na rede: 1 a 0.
Portugal passou a buscar o empate, mas com ampla colaboração da defesa brasileira. Nelson Oliveira ganhou de Juan na corrida e rolou para Alex, que havia se livrado de Danilo e estava livre na área, empatar a partida.
O Brasil ficou mais tempo com a bola e finalizou mais vezes contra o gol português, mas não conseguiu desempatar. E acabou punido antes dos 15min do segundo tempo, em mais uma falha.
Nelson Oliveira, o jogador mais perigoso de Portugal, escapou de novo sozinho pela direita e bateu cruzado. O chute era defensável, mas a bola passou por baixo do goleiro Gabriel: 2 a 1.
Ney Franco então recorreu a seu banco de reservas, tão importante em jogos anteriores: entraram Allan, Negueba e Dudu -este último foi decisivo para que o Brasil chegasse ao empate.

Após driblar o lateral português Pelé, Dudu bateu forte, e o goleiro Mika espalmou nos pés de Oscar. O jogador do Inter fez o segundo dele no jogo e empatou, a menos de 15 minutos do fim do jogo.
Na prorrogação, em nova jogada de Oscar, o Brasil chegou enfim à vitória. O camisa 11 tentou cruzar da direita, mas a bola foi no ângulo.
O Brasil terminou o Mundial como o melhor ataque, com 18 gols em sete jogos.

Brasil 3 x 2 portuGal

Gabriel, Danilo, Bruno Uvini, Juan e Gabriel Silva (Allan); Fernando, Casemiro, Oscar e Philippe Coutinho (Dudu); Henrique e Willian José (Negueba) Mika, Cedric (Julio Alves), Roderick, Nuno Reis e Mario Rui; Pele, Saná (Ricardo Dias), Danilo e Sergio Oliveira; Nelson Oliveira e Alex (Caetano)
Técnico: Ney Franco Técnico: Ilídio Vale
Gols: Oscar (Brasil), aos 4, e Alex (Portugal), aos 8 do primeiro tempo; Nelson Oliveira (Portugal), aos 14, Oscar (Brasil), aos 33 do segundo tempo; Oscar (Brasil), aos 6 do segundo tempo da prorrogação.
Cartões Amarelos: Henrique, Juan (Brasil); Roderick, Pelé, Sergio Oliveira, Saná, Julio Alves, Nelson Oliveira (Portugal)
Estádio: El Campín (Bogotá). Árbitro: Mark Geiser (EUA). Assistentes: Mark Hurd (USA) e Joe Fletcher (CAN)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.