13/06/2024

Páscoa salgada: chocolate e azeite sobem 11% em um ano; bacalhau está 8% mais caro

Páscoa deste ano será mais cara aos brasileiros – já impactados pela constante alta dos preços dos alimentos nos supermercados. A maior parte dos itens que compõem o tradicional almoço de Páscoa subiu acima da inflação (índice que calcula a média do aumento dos preços). Entre os alimentos, normalmente presentes na mesa do domingo, que mais subiram, merecem destaque a batata-inglesa, usada na preparação do bacalhau, que está 27% mais cara, e o azeite de oliva, que subiu 11,3%.

O próprio bacalhau também ficou mais salgado com a alta de 7,8% neste ano, em comparação com a Páscoa de 2021. O preço do indispensável chocolate aumentou 13,6% em um ano, enquanto as versões em barra subiram 11%.

Já o indicador oficial da inflação foi de 11,3% no acumulado em 12 meses. Os dados são do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em março, divulgado na sexta-feira, 8, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.