13/06/2024
Sem categoria

Sampaio Corrêa arranca empate aos 49 minutos da etapa final e frustra Botafogo

Com o empate, o Sampaio Corrêa chegou aos 46 pontos e ocupa o sexto lugar na competição

O Botafogo disparava na liderança da Série B até os 49 minutos do segundo tempo. Mas um gol do zagueiro Edimar após uma blitz do Sampaio Corrêa decretou o empate em 2 a 2 no Maranhão. Com o resultado, o líder Botafogo chegou aos 56 pontos, sete a mais do que o vice-líder Vitória, que joga neste sábado. Já o Sampaio chegou aos 46 pontos, um abaixo do G-4. Neilton e Navarro marcaram para o time carioca, enquanto Jheimy assinalou o primeiro para o Sampaio. 

A próxima rodada para o Botafogo será daqui a 15 dias, em 17 de outubro, contra o Bragantino, no Rio. O Sampaio Corrêa, na terça-feira, vai até o Passo das Emas, encarar o Luverdense.
O jogo
Empolgado com a presença da torcida no Castelão, o Sampaio Corrêa começou o jogo com muita velocidade, buscando acionar Edgar e Jheimy no ataque, principalmente pelo lado esquerdo do ataque, em cima do botafoguense Diego. Em duas investidas pelo setor o Sampaio causou perigo e assustou o Botafogo.
Em seguida, Fernandes, do Botafogo, dividiu bola com a defesa ao pressionar os zagueiros. As dores fizeram o jogador ser substituído com 12 minutos, para a entrada de Camacho. O Botafogo à essa altura já rondava mais a área do Sampaio Corrêa. E bastou uma chance para chegar ao gol. aos 20 minutos, Diego recebeu na direita e cruzou para o meio da parea. Neilton, sozinho na pequena área, tocou de cabeça para o fundo da rede, aproveitando a saída ruim do goleiro Rodrigo. 1 a 0.
O gol foi um duro golpe para Sampaio Corrêa, que tinha maior volume de jogo na partida. Por alguns minutos o time diminuiu o ritmo, sentindo claramente o baque. Mas o empurrão da arquibancada fez a equipe voltar ao ataque. Aos 28 minutos, Edimar tocou de cabeça após cruzamento na área e a bola passou perto da trave esquerda de Jefferson.
No fim da primeira etapa, o jogo só terminou empatado graças a Jefferson. Com 35 minutos, Válber teve chance na cara do goleiro e abteu forte, na cara do goleiro, que teve reflexo para espalmar a finalização. Dez minutos depois, Válber mais uma vez tentou a finalização e Jefferson, no canto esquerdo, mandou de novo a escanteio. E o primeiro tempo chegou ao fim.
Na segunda etapa, polêmica logo aos oito minutos. Após cruzamento da esquerdo do ataque do Sampaio, Jefferson saiu para abafar a bolão no chão, mas a deixou escapar. Diones, de carrinho, tocou para Jheimy, impedido, tocar para o fundo da rede. O auxiliar correu para o meio, indicando o gol, mas o árbitro ficou na dúvida ao validar. Depois de protestos dos jogadores de ambos os lados e conversa, o árbitro Rodrigo Batista Raposo validou o gol. 1 a 1.
Não deu nem tempo direito de a torcida comemorar. Quatro minutos depois, Diego recebeu bola pela direita e cruzou para a área. Navarro, em posição duvidosa, surgiu entre os zagueiros e tocou de cabeça para o fundo da rede. 2 a 1. O ritmo da partida, então, diminuiu.
Com as duas equipes cansadas, as trocas começaram a aparecer e as chances diminuíram. O Sampaio tentou o empate com bolas alçadas na área e o Botafogo parecia que iria se segurar. Até a última bola. Após cruzamento na área, Douglas fuzilou de cabeça e Jefferson fez linda defesa. No rebote, Douglas emendou de bicileta e a bola bateu na trave. Em mais um rebote, o zagueiro Edimar bateu de chapa para o fundo da rede, empatando a partida e fazendo o Castelão explodir. 2 a 2. Fim de jogo e tudo igual. Mas um gosto amargo para o Botafogo.
FICHA TÉCNICA
SAMPAIO CORRÊA 2 X 2 BOTAFOGO
Local: Estádio Castelão, em São Luís (MA)
Data: 2 de outubro de 2015, sexta-feira
Hora: 21h 
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF)
Cartões amarelos: Plínio e Jheimy (SAM) e Roger Carvalho (BOT)
Público e renda: 21.436 pagantes / 27.246 presentes / R$ 588.330,00 
Gols: Neilton (BOT), aos 19 minutos do primeiro tempo, e Jheimy (SAM), aos nove minutos, Navarro (BOT), aos 13 minutos, e Edimar (SAM), aos 49 minutos do segundo tempo.
SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo; Marcelo, Edimar, Plínio e Raí (Douglas); Diones, Léo Salino, Diones, Léo Rodrigues (Charles) e Válber; Jheimy e Edgar
Técnico: Léo Condé
BOTAFOGO: Jefferson; Diego, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Diego Giaretta; Rodrigo Lindoso, Willian Arão, Fernandes (Camacho) e Daniel Carvalho (Octávio); Neilton (Sassá) e Navarro
Técnico: Ricardo Gomes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.