19/05/2024
Sem categoria

SÃO PAULO BATEU O INTERNACIONAL POR 3 A 0

UOL ESPORTE

O São Paulo prosseguiu com sua recuperação no Brasileirão neste domingo. Ainda com Milton Cruz. Bateu o Internacional em Porto Alegre por 3 a 0, gols de Casemiro, Fernandinho e Carlinhos Paraíba, às vésperas da apresentação oficial de Adilson Batista, que foi até o Beira-Rio acompanhar a sétima vitória tricolor no certame. O Inter, por outro lado, acumula a terceira derrota seguida.

Curiosamente, o êxito é o segundo do time sob comando o auxiliar Milton Cruz. Com ele, o tricolor paulista já havia batido o Cruzeiro, na última rodada. Antes, ainda com Paulo César Carpegiani, a sequência de derrotas chegou a três jogos. Do lado vermelho, o revés em casa é o terceiro seguido. O colorado perdeu para Vasco e Corinthians, longe da sua torcida.

Além da boa atuação do meio-campo do São Paulo, o jogo mostrou um Inter que sentiu muito as ausências de Oscar – servindo à seleção brasileira sub-20, e de Zé Roberto, suspenso. As apostas Falcão, Ricardo Goulart e Alex, não deram resposta.

Logo no começo do jogo, o time visitante já mostrava que queria dar boas impressões para Adílson Batista. Com menos de um minuto Fernandinho quase marcou. E com o passar dos minutos, o ataque tricolor seguiu complicando muito a defesa vermelha. Tudo na base da velocidade.

ADILSON AN CABINE DA IMPRENSA – Para acompanhar o último jogo do São Paulo sem o seu comando, Adílson Batista foi ao Beira-Rio. E ficou em uma das cabines de imprensa do estádio. Ao lado do espaço utilizado pela TV Bandeirantes. Além dele, outros membros da comissão técnica ocuparam o lugar, dividido com um cinegrafista (foto). O treinador será apresentado oficialmente como técnico do São paulo na segunda-feira à tarde.

Antes dos 20 minutos de jogo, Casemiro confirmou o domínio no marcador. O meia desviou de cabeça após cobrança de falta de Rivaldo. Empurrado por seu torcedor, o Inter foi para cima. Mas sentia a fraqueza no ataque. Os melhores lances foram nas investidas de Leandro Damião, quase sempre sozinho.

Aos 39 minutos, o São Paulo marcou outra vez. Dagoberto lançou Fernandinho e a jogada mais forte dos paulistas rendeu gol. O substituto de Marlos, que teve indisposição estomacal e ficou de fora do jogo, bateu na saída de Muriel.

Depois da parada, Paulo Roberto Falcão mexeu no time. Sacou Bolatti e Ricardo Goulart, colocando Elton e Fabrício. As mexidas deram mais vontade, porém não mudaram muito o cenário. A evolução não foi tão expressiva assim.

Na base da vontade, o Internacional até chegou mais perto do gol. Mas parou em Rogério Ceni. Nos últimos quinze minutos, Milton Cruz resolveu tirar Rivaldo e promoveu a estreia de Cícero, ex-Figueirense e Fluminense. O último minuto, Dagoberto levantou na área e Carlinhos Paraíba marca o terceiro, com um chute rasteiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.