20/05/2024

Teatro Arthur Azevedo será reaberto neste sábado (23) com o musical Ópera do Malandro

Está tudo pronto para serem reabertas as portas e as cortinas do segundo teatro mais antigo do Brasil. Inaugurado em 1817, o Teatro Arthur Azevedo, após três meses de inatividade, volta, neste sábado (23), a ser palco de diversas manifestações culturais locais e nacionais.

As atividades de espetáculo e de visitação guiada haviam sido paralisadas para a realização de manutenções periódicas no sistema de refrigeração. Agora o espaço, que é um dos 16 teatros monumentos do Brasil, retorna com produções que precisaram ser remanejadas para este segundo semestre. O diretor do Teatro Arthur Azevedo, Victor Silper, deu detalhes sobre a reabertura.

“Para darmos start teremos, nesta sexta, sessão exclusiva para convidados da produção Encanto Coletivo, com o espetáculo musical Ópera do Malandro. Terá sessões gratuitas no sábado e domingo deste mesmo espetáculo com retirada de ingresso duas horas antes do início de cada sessão”, informou Silper.

Ópera do Malandro

O maior clássico do teatro originalmente brasileiro: a “Ópera do Malandro”, de Chico Buarque, vem para a segunda temporada, contando sobre as rodas de ‘malandragem’ do Rio de Janeiro dos anos 40, com a história de Max Overseas, um contrabandista esquivo, nunca capturado pela polícia. Seu parceiro, Chaves, é chefe da Polícia e colabora com seus planos, fazendo vista grossa. A adaptação do espetáculo é de Leonardo Fernandes e Nestor Fonseca; a direção-geral é de Leonardo Fernandes e Lauande Aires; e a produção é da companhia Encanto Coletivo.

As sessões serão dias 23, às 19h; 24, às 15h e às 19h; 27 e 28, às 19h. Sempre com entrada franca e retirada de ingresso duas horas antes de cada sessão.

Novos projetos

Durante a pausa outros projetos foram desenvolvidos, como encaminhamento para a inauguração de uma rádio web – que será hospedada em plataformas de streaming como Spotify e Deezer – e impulsionamento do Setor de Memória e Pesquisa, que recebeu em um evento solene no dia 21 de junho – mês em que o Arthur Azevedo completou 205 anos – documentos históricos organizados pela professora e pesquisadora Marineide Câmara.

“Conseguimos também estabelecer parcerias com instituições de ensino e pesquisa, para que o Teatro seja espaço de aprendizado e conhecimento para alunos de Teatro, Rádio/TV, História e Biblioteconomia. Assim, já estamos recebendo discentes do curso de Teatro, membros da Gestus [Empresa Júnior de Produções Culturais, do Departamento de Artes Cênicas da Ufma], para idealização das Semanas Maranhenses de Teatro e de Dança junto com a equipe do Teatro”, disse o diretor.

Coxias da Memória

Outra novidade será uma miniexposição interativa intitulada Coxias da Memória, que tem supervisão, orientação e texto curatorial do próprio Victor Silper, e vai abordar a trajetória do teatro com curiosidades de bastidores ao longo de mais de dois centenários.

“Então vai ter um espaço que alude ao nosso ciclorama, que é aquela peça de madeira em cima do palco, em que as pessoas assinam atrás, e as pessoas podem interagir como se elas fossem artista também”, contou.

A exposição fará parte das visitas guiadas que retornam na primeira semana de agosto, de terça a domingo, das 14h às 17h. As visitas são gratuitas e organizadas para turistas e público local conhecerem os bastidores da casa de espetáculo, detalhes arquitetônicos no estilo neoclássico, história de personagens ilustres que marcaram época, a exemplo da atriz Apolônia Pinto que nasceu no camarim nº 1 e o teatrólogo e dramaturgo Arthur Azevedo.

Na programação constam também o Duo NU’ZS: “Chico Buarque – um outro Olhar”, dia 29, às 20h30; e o show do cantor e compositor carioca Cícero, dia 30, às 21h.

SERVIÇO

O quê? Reabertura do Teatro Arthur Azevedo, com o musical Ópera do Malandro
Quando? Neste sábado (23), às 19h
Onde? Teatro Arthur Azevedo, localizado na Rua do Sol, no centro de São Luís

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.