19/04/2024

Bumba Meu Boi Meu Tamarineiro está pronto para a temporada junina de 2023.

Fundado em 25 de abril de 1965 pelo Sr. Lucas Evangelista, conhecido como Mestre Bilú, o grupo completou 58 anos de tradição, e realiza seu tradicional batizado, no próximo sábado (10 de junho), às 20h, no Santuário de São José de Ribamar.

Meu Tamarineiro é o primeiro boi de orquestra da Grande Ilha de São Luís, e era conhecido como Bumba Meu Boi de Orquestra De Ribamar, pois já existia o também famoso Boi de Ribamar, sotaque de matraca. Com o falecimento de Mestre Bilú, em 22 de agosto de 1985, o então cantador Osvaldo Preto (sobrinho de Bilú) compôs a toada “Meu Tamarineiro” em sua homenagem, já que as reuniões e ensaios do batalhão aconteciam debaixo de um enorme tamarineiro, árvore frutífera que dá o fruto conhecido como tamarino ou tamarindo.

A canção comoveu a todos e ficou tão conhecida que acabou por influenciar na mudança do nome da manifestação, que passou a se chamar Meu Tamarineiro. Osvaldo Preto também é o autor de outras lindas toadas como “Deleito em seus braços” e “Rosa Amarela”, que ficou bastante conhecida após ser regravada pelo saudoso Papete.

Este repertório lindo e emocionante tem sido executado pelo Boi Meu Tamarineiro nas prévias acontecidas no Maranhão de Reencontros e será apresentado em todas as 60 noites do São João do Maranhão.