21/05/2024
Sem categoria

FEIPÃO RECLAMA DA IMPRENSA E FALA EM ‘MALANDRAGENS PORCAS’

LUCAS REIS
DE SÃO PAULO (FOLHA COM)

O técnico do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari, disse que foi a imprensa quem “colocou fogo” no episódio de quarta-feira, quando esteve no vestiário do Engenhão, na derrota para o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro –ele estava suspenso.

Scolari se defende e diz que não agrediu fotógrafo no Rio

“Quem alegou que eu não podia ir ao vestário? Alguma jurisprudência, advogado? Ou foram vocês [jornalistas] que alegaram? Vocês da imprensa não podem falar nada. Não podem omitir opinião sobre alguma coisa que nem eles [STJD] sabem. Vocês estão tentando influenciar, querem fogo. Mas não tem fogo”, disse.

Sobre a suposta agressão a um fotógrafo, também no Engenhão, Scolari se defendeu novamente. Não tem nada. Vocês têm que ir atrás do fotógrafo, que é o mesmo que fotografou as bananas no vestiário, ano passado”, disse.

Ele se refere a episódio de quando o Botafogo divulgou fotos após jogo com o Palmeiras, no mesmo Engenhão, mostrando sujeira no vestiário do Palmeiras.

“Alguma coisa está errada. Nunca usamos bananas no intervalo do jogo. Tem tanta coisa que vocês poderiam fazer o favor de pesquisar, essas malandragens porcas”, disse. “Ele [fotógrafo] tentou invadir uma área que não era dele, que era do elevador. O nosso segurança ainda foi cordial. Fechou o elevador, e quando abriu de novo, coloquei a mão na frente. Ele já tinha tirado 120 fotos, não precisava de mais uma. Foi bem ensaida a coisa”, disse.

O Palmeiras enfrenta o Cruzeiro domingo, no Pacaembu. Kleber, com lesão, pode voltar, assim como Marcos, que foi poupado no último jogo. Luan, que estava suspenso, reforça o time.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.