14/04/2024

Governo inicia aplicação da vacina bivalente em idosos a partir de 60 anos

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), iniciou, nesta segunda-feira (6), a aplicação da vacina Pfizer Bivalente em idosos com idade entre 60 e 69 anos. Quem faz parte desse público, deve procurar as unidades e salas de vacinação.

Até sexta-feira (10), o público de 60 anos ou mais contará com duas salas de vacinação: uma na Policlínica do Idoso, no bairro Liberdade, e outra no Centro de Hemodiálise São Luís, no Monte Castelo, ambas com atendimento das 8h às 16h. Além disso, a Rede Estadual de Saúde oferece, regularmente, vacinação, de segunda a sexta-feira, nas Policlínicas Vinhais e Cidade Operária das 8h às 12h e das 13h às 17h. Aos sábados, a Policlínica Vinhais está disponível para vacinação das 8h às 12h.

“Na semana passada demos início à estratégia atendendo o público de 70 anos ou mais. Devido a boa adesão e procura, decidimos prorrogar a agenda, permitindo que idosos de diversas idades possam se vacinar e estarem menos suscetíveis ao vírus”, disse a diretora administrativa da Policlínica do Idoso, Danielle Falcão.

Na Policlínica do Idoso, Ivanilde França, de 68 anos, atualizou a carteira de vacinação contra a Covid-19. “Finalmente pude receber a quinta dose. Sempre procuro me cuidar e gostei porque dá oportunidade para quem precisa”, disse.

O caminhoneiro aposentado Raimundo Gonçalves, de 66 anos, realizou a consulta de rotina e não perdeu a oportunidade de tomar a quinta dose contra Covid-19. “Quem puder se vacinar que o faça, eu fico muito satisfeito e feliz em poder estar me prevenindo”, afirmou.

A vacina Pfizer Bivalente está sendo administrada em pessoas com 12 anos ou mais que tenham recebido, pelo menos, as duas primeiras doses da vacina monovalente. O intervalo de tempo entre a bivalente e qualquer uma das outras doses deve ser de, no mínimo, quatro meses. Vale destacar que as vacinas monovalentes ainda continuam sendo disponibilizadas às pessoas que ainda precisam fechar o esquema básico.

De acordo com a coordenadora da Equipe de Imunização contra Covid-19, Anne Catarine Moraes, a expectativa é vacinar uma média de 100 pessoas por dia. “É importante lembrar que a vacina bivalente além de ampliar a cobertura no estado, também garante proteção contra as variantes da Covid-19, inclusive a Ômicron”, explicou.