23/05/2024
Sem categoria

Morre em São Luís o escritor e economista José Ribamar Reis, o cidadão da ‘Trincheira Maranhense’, do JP TURISMO

José Ribamar Sousa dos Reis, escritor e poeta, tinha o sonho de chegar à Academia Maranhense de Letras

O economista e escritor José Ribamar Sousa dos Reis faleceu na tarde desta terça-feira (7), por volta das 16 horas, no setor de Oncologia do Hospital Geral, onde estava internado desde sábado passado (4). Ele tinha 63 anos e, desde o final do ano passado, lutava contra um câncer no estômago.
Nascido no dia 22 de março de 1947, José Ribamar Sousa dos Reis, poeta e pesquisador, publicou vários livros e escrevia semanalmente para o suplemento “JP Turismo”, onde assinava a coluna “Trincheira da Maranhensidade”.
Ele era membro efetivo do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão (IHGM), onde ocupava a Cadeira Nº 56 patroneada por Jerônimo de Viveiros.
Um dos filhos do escritor, o vendedor Reis Júnior, informou que José Ribamar Reis, no final de 2009, apresentou um estranho quadro de perda de peso. Em janeiro de 2010, ele procurou um médico, fez uma endoscopia e ficou constatada uma grave lesão no estômago, após uma biópsia.

Com câncer no estômago em estado bem avançado, o escritor chegou a recorrer no mês de julho a um hospital no Rio de Janeiro, onde foi submetido a exames mais detalhados. Lá recebeu a recomendação de fazer um tratamento quimioterápico. Segundo os médicos, ele não tinha condições de ser submetido a uma cirurgia, porque já enfrentava um processo de metástase.
“Meu pai sempre dizia: eu sou poeta e amo escrever”, disse a filha Rosy Reis. Nos últimos anos, ele estava escrevendo um livro sobre a Família Reis em todo o estado do Maranhão. Reis Júnior disse que seu pai tinha o sonho de entrar para a Academia Maranhense de Letras.
José Ribamar Reis, além da viúva (Osmina dos Reis), deixa seis filhos: José Ribamar Sousa dos Reis Júnior, José Ricardo Santos dos Reis, Rosy Maria Santos dos Reis, Maria Firmina Costa dos Reis, Antônio Sebastião dos Reis Neto e Amaral Reis.
O velório do poeta e escritor está sendo realizado na Central de Velórios da Pax União (Rua Grande, próximo ao Ginásio Costa Rodrigues), juntamente com o corpo de sua mãe, Rosy Sousa dos Reis, de 94 anos, que faleceu na madrugada de segunda-feira, 6, no Rio de Janeiro. O sepultamento dos dois será às 11h, no Cemitério do Gavião.

Poesia:

Verdade e Esperança
Lances de Rumo
Flor Mulher

História:
Bumba-meu-boi, o maior espetáculo popular do Maranhão
Bumba-boi, Alegria do povo
Folclore Maranhense – Informes
Feira da Praia Grande
Serão da Minha Terra – Contos
Realidade Maranhense – Comentários Sócio -Econômicos
Praia Grande – Informes Gerais
Raposa: Seu Presente, Sua Gentem, Seu Futuro
Newton Pavão, Mestre das Artes
São José de Ribamar: A Cidade, o Santo e Sua Gente
João Chiador:50 Anos de Glória, Meio Século de Cantoria.
Praia Grande: cenários: Históricos, Turísticos e Sentimentais
ZBM: Reino Encantado da Boemia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.