14/04/2024

Morre o cantador António Fausto, do Boi de Zambumba

Mais uma perda para nossa cultura popular, perdemos o mestre Antônio Fausto, que sofreu o enfarte no fim da tarde de domingo, sendo levado para um hospital de São Luís, onde veio a falecer hoje. António Fausto era o comandante do Boi de Zabumba Unidos Venceremos, e também organizador do Encontro de Boi de Zabumba, no bairro do Monte Castelo.

Em 1986, ele foi premiado como um dos melhores cantadores de toadas de bomba boi do Maranhão, no 1º Festival de Toadas de Bumba Boi, organizado pelo apresentador José Raimundo Rodrigues, à época comandando o programa Raízes, da TV Difusora.

De Guimarães para São Luís – Com a vinda para São Luís do senhor Hemetério Cardoso, conhecido popularmente como “Seu Misico”, em 1920, veio junto a paixão pelo sotaque de Zabumba, iniciando nesse mesmo ano o primeiro Boi de Zabumba de São Luís, chamado “Pra Despachar”.

O sotaque do boi de zabumba é um dos componentes do Bumba-meu-boi do Maranhão. Tem destacada sua percussão marcante, uma batida inconfundível que remete a mãe África com seus rústicos tambores e ritmos. O sotaque teve como precursores negros oriundos dos engenhos da Vila São José de Guimarães, que mais tarde daria o nome ao município de Guimarães, localizado a 70 km da capital maranhense, motivo pelo qual o sotaque também é conhecido como sotaque de Guimarães.

Favela emite nota – A escola Favela do Samba, por meio do seu presidente Euclides Moreira Neto, emitiu nota de pesar pelo falecimento de Paulinho e Antônio Fausto:

“Em nome da Favela do Samba, apresentamos nossos sentimentos e condolências às famílias e amigos de Paulinho Salaia (BTM Os Feras) e do sr. Antônio Fausto (Boi de Zabumba Unidos Venceremos e organizador do Encontro de Boi de Zabumba, no Monte Castelo), falecidos na noite de domingo e agora pela manhã, respectivamente. Nossa cultura perde dois grandes mestres”. (Euclides Moreira Neto – presidente da Favela do Samba).