27/05/2024

A culpa geral pelo abandono do Centro de Criatividade Odylo Costa Filho

PETINHADAS

*** E teve ampla repercussão no meio cultural, essa semana, a denúncia de abandono e sucateamento do Centro Cultural Odylo Costa Filho, que abriga o Cine Praia Grande, a Biblioteca Ferreira Gullar e o Teatro Alcione Nazaré!!! O valioso patrimônio público cultural vem sendo vandalizado e roubado em pleno ‘coração’ da Praia Grande, no Centro Histórico de São Luís, patrimônio mundial da Unesco!!! A quem cabe a culpa???!!! A gestão do Odylo era feita pela Secretaria da Cultura do Estado!!! Na sua última ‘canetada’, antes de passar o Palácio dos Leões para Carlos Brandão, o então governador Flávio Dino transferiu a gestão do centro de cultura para a Secretaria da Educação, sob a justificativa de que na Seduc havia mais recursos!!! Realmente, bibliotecas, pinacotecas, teatros, cinemas e museus são caros para se manter!!! Não se sabe se com a mudança foi implementada alguma política pública eficaz para o Odylo!!! Certo é que de lá pra cá o centro cultural nunca mais foi o mesmo!!! Mas cabe culpar apenas o poder público???!!! Será que houve envolvimento de vereadores, deputados, associação comercial, academias, setor hoteleiro, bem como dos movimentos artísticos para não deixar o Odylo ser transformado numa verdadeira ‘casa de mãe Joana’, como está hoje???!!! Nunca é demais lembrar que os bens culturais de uma sociedade se inserem no campo dos Direitos Sociais e, por conseguinte, são considerados como direitos fundamentais!!!

*** Um vídeo que circulou essa semana nas redes sociais mostrou a triste realidade do prédio que abrigava o Centro de Criatividade Odylo Costa Filho!!! Esse imóvel foi comprado e inaugurado nos anos 1970, no governo João Castelo, gestão de Arlete Machado como secretária da Cultura!!! O local foi planejado para ser o laboratório da cultura do Maranhão, com produção artística de obras plásticas entre pinturas, esculturas e outras artes!!! O espaço também ganhou um cinema, que realizou vários festivais Guarnicê, por meio do professor Euclides Moreira Neto, jornalista, mestre em Comunicação e ex-presidente da Fundação Municipal de Cultura!!! Referência em cultura, o Odylo Costa Filho nunca mais foi o mesmo depois que a gestão do equipamento público saiu ‘das mãos’ da Secma!!! Em outubro de 2021, o então governador Flávio Dino assinou um ato transferindo quatro Centros de Educação e Cultura ligados à Secretaria de Estado da Cultura (Secma) para a estrutura da Seduc: o Odylo Costa Filho, o Centro de Artes Cênicas do Maranhão, o Centro Cultural Engenho Central Pindaré e a Escola de Música Professora Lilah Lisboa de Araújo!!! Com a decisão, o Centro de Criatividades passou a ser chamado Centro de Ensino Profissionalizante Odylo Costa Filho!!! Em abril de 2022, a Secma emitiu uma nota informando que permanecia administrando o local, em parceria com a Seduc, e anunciou uma ampla reforma!!! Desde então, o Centro segue fechado!!! “Fechado” entre aspas…, as portas do prédio estão bem abertas para o vandalismo e o descaso!!! E os gestores, o que dizem???!!! E a classe artística, por que somente agora, passado tanto tempo, resolveu ‘enxergar’ o Odylo???!!! As perguntas ficam sem respostas enquanto o local vai se deteriorando!!!

*** Hoje abandonado e sem segurança, que foi retirada, esse valioso patrimônio público cultural e mundial pela Unesco (desde dezembro/1997) foi tomado por vândalos e vem sendo furtado e depredado!!! Recentemente, a Secretaria da Segurança determinou à Superintendência da Capital que acompanhe as investigações sobre todas as situações que envolvem o imóvel!!! O Instituto de Criminalística (Icrim) também foi acionado para fazer uma análise geral da situação do prédio, numa iniciativa que visa conter a ação de vândalos e ladrões no local; afinal, foram saqueados e depredados o teatro, cinema, o laboratório de azulejaria, cerâmica, fotografias, as salas e exposições de artesanato, além da biblioteca com cerca de 3.500 livros de arte e literatura!!! O delegado do 1º Distrito, no Centro, por sua vez, nessa sexta-feira, 12, encaminhou notificação ao Odylo solicitando o comparecimento dos responsáveis pela manutenção do Centro de Criatividade, “a fim de prestarem informações  acerca da situação predial do estabelecimento, bem como acerca das ações contra o imóvel (dano, furtos etc…)”!!! E marcou a data da audiência para 16 de abril (terça-feira)!!!

*** Nas imagens que circularam, um homem, que está com uma caixa na cabeça, furta importantes obras como o ‘patrimônio azulejar’, edição de 500 páginas, que mostra tudo sobre a azulejaria da capital maranhense e de demais municípios do Estado!!! As imagens exibem o desleixo e abandono no centro que foi referência para atividades culturais em São Luís, em uma área com edificações tombadas pelo governo federal!!! São milhares de bens pertencentes ao patrimônio cultural do Maranhão que estão sendo roubados e destruídos, em um crime quadruplamente qualificado!!!

*** Na última segunda-feira, 8, a Câmara Municipal de São Luís suspendeu os trabalhos por conta da falta de energia decorrente do furto de cabos e fios elétricos no prédio que abrigava o Odylo Costa Filho!!! No local há uma espécie de subestação que distribui energia para outros imóveis na área!!! No último dia 5, uma equipe da Polícia Militar do Maranhão, em patrulhamento ostensivo na área do Reviver, foi acionada para verificar a ocorrência!!! Ao chegar ao local, a guarnição da PMMA não localizou suspeitos, mas os policiais foram informados por populares de que alguns indivíduos haviam fugido em direção ao terminal da Praia Grande!!! Durante as rondas, a equipe avistou alguns suspeitos em um matagal próximo ao terminal, onde também encontraram um balde contendo ferramentas e fios de cobre!!! O bando foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil!!!