20/05/2024

Amigo Celso Azevedo: excelsior por natureza! – (*José Ferreira Costa)

Assim era o engenheiro, professor e grande amigo Celso Luís Ferreira Azevedo, que ingressou no Instituto Tecnológico do Maranhão (IFMA) pela unidade de Alcântara. Com sua desenvoltura, logo chegou a Diretoria de Ensino do campus e em pouco tempo, uma nova missão o esperava para coordenar as obras de Engenharia na fase mais difícil do programa de expansão do IFMA, quando estávamos construindo diversos campis. Era uma fase de muitos conflitos entre empreiteiras e a fiscalização.

O Celso e o Magno, dois engenheiros civis que haviam trabalhado juntos na antiga Companhia Energética do Maranhão (Cemar) e tinham experiência de sobra, assumiram a função como agentes fiscalizadores. Como o Celso se destacava por dominar o diálogo com as empreiteiras, ele liderou esse processo ao lado do Magno e juntos proporcionaram ao IFMA uma das maiores contribuições que um servidor podia oferecer, na implantação dos novos campis da Fase II e Fase III.

Bem ali nasceu a nossa amizade que nunca parou de crescer. A admiração do Celso Azevedo por mim era muito grande e a recíproca também é verdadeira.

 

Está sendo muito triste pra mim, pela despedida do meu amigo, que perdeu a batalha para esse vírus do mal chamado Covid-19. Celso quase não teve tempo nem mesmo para adoecer e já foi logo perdendo o ar e a própria vida…

Eu só me acalmei com a triste notícia quando formulei “Deus tem razão”! Ele sabia que o lugar do Celso não era mais aqui. Assim como Celso ocupou e mudou de várias funções profissionais, sobretudo como filho, pai de família, trabalhador e tantas outras, era chegada a hora de mudar deste plano para a outra morada. Desta vez, para a eterna companhia do Criador. Então me acalmei e agora eu só vim dizer isto, porque é uma forma de guardar a lembrança deste amigo. E amigo é coisa pra se guardar!

*Professor e ex-reitor do IFMA; ex-secretário
de Ciência e Tecnologia no governo Roseana Sarney; e membro da Academia Maranhense de Ciências.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.