13/06/2024
Sem categoria

Assaltos a coletivos na Grande São Luís chegam 316 este ano

Ônibus que circulam pela Avenida Getúlio Vargas são alvo constante de bandidos

Dados do Sindicato dos Trabalhadores, nos primeiros 11 dias de setembro, já foram registrados 24 assaltos na Região Metropolitana de São Luís; abril foi o mês com maior número de ocorrências, com 62 casos, seguido de maio com 61
Vinte e quatro coletivos foram assaltados nos 11 dias deste mês, na Região Metropolitana de São Luís. Algumas vítimas sofreram agressões físicas e tiveram de ser atendidas em casas de saúde. Dados do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (STTREMA) revelam que durante este ano já foram registrados 316 assaltos a ônibus, na Grande Ilha, incluindo Raposa, São José de Ribamar e Paço do Lumiar. O mês no qual ocorreram mais roubos no transporte público foi o mês de abril, com o registro de 62 ocorrências.

Este mês, no feriado da Independência, dia 7, a polícia registrou cinco assaltos a coletivos, a maioria no período da noite. Um dos casos foi registrado no plantão de Polícia Civil da delegacia da Polícia Civil da Vila Embratel e o alvo dos criminosos foi um ônibus da empresa Taguatur, que faz linha Alto da Esperança. O assalto ocorreu na avenida principal do Alto da Esperança e foi realizado por um bandido armado com um revólver. Ele levou toda a renda do coletivo e fugiu em seguida.
Outro assalto a ônibus ocorreu no Canto da Fabril, no começo da noite, quando dois criminosos armados levaram cerca de R$ 50,00 da renda do ônibus da empresa Rei de França, linha Uema-Ipase. No povoado denominado como Bagdá, região de Itapera, zona rural de São Luís, dois homens armados assaltaram um ônibus, e levaram R$ 70,00 e pertences dos passageiros.
A quarta ocorrência do dia 7 ocorreu na MA-201, Estrada de Ribamar, e o alvo foi um ônibus da empresa Taguatur. Dois homens participaram da ocorrência e levaram a renda do coletivo e fugiram em seguida. Outro roubo foi registrado na BR-135, próximo à Vila Funil. Neste assalto, os criminosos levaram R$ 30,00 da renda e mais os óculos da cobradora.
Na noite do dia 10, os criminosos conseguiram assaltar seis coletivos e uma cobradora, nome não revelado, teria sido ferida por um objeto cortante. Ela foi levada para um hospital particular na capital, mas não corre risco de morte. No dia 9, o registro foi de pelo menos três assaltos a ônibus. O primeiro ocorreu na Curva do 90, área do Vinhais. Um homem armado roubou R$ 20,00 da renda do veículo. Nas proximidades do Mercado do Peixe, no Centro, três homens armados com facas roubaram pertences dos passageiros, que estavam no coletivo da empresa Primor. O último roubo ocorreu no bairro Camboa, onde três homens armados roubaram toda a renda do veículo, além de pertences dos passageiros.
Durante o dia 8, segundo dados do SSTREMA, dois ônibus foram alvos de bandidos, um no Alto da Esperança, e outro na Avenida dos Franceses, no bairro da Alemanha. No dia 1º e no dia 3, foram registrados dois assaltos a cada dia, e nos dias 2, 4, 5 e 6, a polícia registrou um caso a cada dia. .
BOX
Assaltos a coletivo em 2015
Janeiro – 43 casos
Fevereiro – 29 casos
Março – 38 casos
Abril – 62 casos
Maio – 61 casos
Junho – 14 casos
Julho – 9 casos
Agosto – 36 casos
Setembro – 24 casos nos primeiros 11 dias
Fonte: Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (STTREMA)
Mais
Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (STTREMA) as localidades onde ocorreram a maioria dos assaltos aos coletivos foram Alemanha, Centro, Vila Isabel, Africanos, Monte Castelo, Alto da Esperança e Anil.
Número
316
É o número de assaltos a coletivos na Região Metropolitana de São Luís, de janeiro a agosto e nos primeiros 11 dias de setembro, segundo dados do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Maranhão.
62 casos no
mês de abril
e 61 em maio
Julho teve
apenas nove

assaltos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.