21/05/2024
Sem categoria

BOM AR PATROCINARÁ FLAMENGO

Flatogate: Bom ar patrocinará Flamengo

Publicado em 6 de setembro de 2011 por John Cutrim
O Sensacionalista e The Piauí Herald

NINHO DO URUBU – Para conter a crise que ameaçava o Flamengo, a presidenta Patrícia Amorim confirmou o acordo de emergência com uma empresa que produz purificadores de ar. “Na verdade, foi uma permuta. Para manter o Luxemburgo no comando do elenco, receberemos 4.200 caixas de Bom Ar a cada semana e perfumaremos os vestiários até o Flamengo completar 300 anos. Em contrapartida, eles poderão estampar sua logomarca na parte de trás do short dos jogadores”.

Internado em estado grave no Copa D´or, o técnico Wanderley Luxemburgo conseguiu, com o auxílio de aparelhos, decretar uma nova regra para manter a disciplina dos jogadores. “A nutricionista está avisada para proibir a feijoada, o tutu e o bobó de camarão. Vai também retirar acompanhamentos como ovos mexidos, salada de maionese e repolho do cardápio”, explicou, ainda atordoado.

Concentrado junto com a seleção, Ronaldinho Gaúcho comentou o episódio. “Não fui eu”, disse o jogador.

Flatogate

O Flatogate continua rendendo na Gávea. O técnico Vanderlei Luxemburgo ficou irritado no sábado e suspendeu a preleção quando um dos jogadores do time soltou um peido. Vanderlei exigiu que o culpado confessasse o crime, mas ninguém se apresentou. Luxemburgo ficou exaltado depois do resultado do jogo contra o Bahia. “Eles peidaram no sábado, mas só cagaram no domingo”, disse o treinador. Os jogadores do Bahia fizeram uma comemoração provocando os peidões do Flamengo (veja foto acima), mas pouca gente entendeu.

Para a torcida, o episódio reforça que o time do Fla está mesmo uma bosta. Entre os jogadores o principal suspeito é Ronaldo Angelim. Renato Abreu, porém, inocentou o companheiro. “Não foi o Angelim. Ele tem cara de dor de barriga o tempo todo mesmo”, disse Abreu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.