28/05/2024

Com o tema “Desafios contemporâneos na gestão das Culturas de Tradição”, o evento é acessível em Libras e reunirá fazedores de cultura e pesquisadores de renome em dois dias de evento.

Integrando o projeto Derresol Cultural, o Sesc apresenta a primeira edição da programação “Diálogos Culturais” com o tema “Desafios contemporâneos na gestão das Culturas de Tradição”. A programação que acontece nos dias 24 e 25 de maio, na Unidade Sesc Deodoro, contempla apresentações culturais, oficinas, palestras, exibição, roda de conversa com fazedores de cultura e pesquisadores que são referências na área. As inscrições para oficina e mesa de diálogo estão disponíveis no site do Sesc MA.

O evento tem como principal objetivo estimular a troca de experiências e conhecimentos entre agentes culturais, pesquisadores e fazedores da cultura popular, visando a construção de redes de colaboração e a promoção da reflexão quanto à valorização das culturas tradicionais, que muitas vezes enfrentam desafios significativos em um contexto de globalização e mudanças culturais aceleradas, entendendo que preservar e promover estas culturas é fundamental para a diversidade cultural e para a construção de identidades coletivas.

Durante os dois dias de programação, acontecerão oficinas e mesas de diálogos com pesquisadores e profissionais da gestão cultural com atuação nacional. Na sexta, dia 24, acontece a oficina “Economia criativa e gestão nas culturas de tradição”, com Luciana Guilherme (ESPM/ RJ). Luciana é doutora em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento (IE/ UFRJ) e possui experiência internacional como consultora. Também atuou no Ministério da Cultura, participando ativamente do processo de formulação e implantação de políticas públicas nacionais de economia criativa.

Já no sábado, dia 25, acontece a palestra “Participação negra na construção das políticas culturais numa perspectiva de consolidação do Sistema Nacional de Cultura” que será ministrada por Júnior Afro (MINC/PE). Júnior é Mestre em Estado, Governo e Políticas Públicas pela FLACSO e possui vasta experiência em programas e projetos culturais. Atualmente é Diretor do Sistema Nacional de Cultura/SNC do Ministério da Cultura.

Entre os convidados locais estão Abimaelson Santos, diretor de cinema e professor da UFMA, que fará a mediação da roda de conversa “Cultura viva: desafios e boas práticas na salvaguarda da tradição”. O diálogo contará com a participação de Nadir Cruz (MA), Gestora Cultural com ampla atuação na coordenação de projetos socioculturais, Mestra Roxa (MA) que é Caixeira Régia e ganhadora do prêmio “Mestre da Cultura Popular do MA” concedido pelo IPHAN, Governo do Estado e Ministério da Cultura e Dona Neuza (MA), Mãe de Santo e figura central no Sítio Nossa Senhora da Guia, um terreiro com mais de 50 anos de atividade no bairro do Coroadinho.

Encerrando a programação, o artista, produtor cultural e pesquisador, Igor Cariman (MA) apresentará a performance “Cazumba – corpo que baila no terreiro”, que lhe rendeu o convite para participar do evento acadêmico Brazil Conference em Harvard (EUA), no mês de abril deste ano.

 

– Sobre o Derresol Cultural

O projeto Derresol Cultural surgiu em 2020 e tem o foco nas produções culturais contemporâneas e da cultura popular, com apresentações e ações formativas em formato presencial e on-line. O título do projeto é uma homenagem simbólica ao imaginário maranhense, através da figura dos “pregoeiros”: comerciantes populares muito comuns nas ruas da capital e do interior do estado, a partir do século XIX (ainda é possível encontrá-los nos dias de hoje) que utilizavam da criatividade para vender seus produtos por meio de versos ritmados. Deste modo, toma-se emprestado o famoso pregão “Derresol” eternizado na música do compositor maranhense João do Vale, a fim de ratificar poeticamente, a cultura das identidades maranhenses.

Serviço:

O que? “Diálogos Culturais: Desafios contemporâneos na gestão das Culturas de Tradição”:

Quando? 24 e 25 de maio;

Onde? Sesc Deodoro;

Inscrições: www.sescma.com.br.

Programação

*Acessibilidade em Libras

24 DE MAIO (SEXTA-FEIRA)

Local: Sala de Dança – Sesc Deodoro;

8h30 às 12h30 – Oficina “Economia criativa e gestão nas culturas de tradição”, com Luciana Guilherme (ESPM/ RJ).

25 DE MAIO (SÁBADO)

Local: Cinema Sesc;

8h – Credenciamento;

8h30 Abertura – Apresentação: Mestra Roxa e as Caixeiras do Divino (MA);

9h – Falas institucionais;

9h15 às 11h – Palestra “Participação negra na construção das políticas culturais numa perspectiva de consolidação do Sistema Nacional de Cultura” com Júnior Afro (MINC/ PE);

11h – Intervalo;

13h30 – Exibição do filme “Dona Taquariana – uma cabocla brasileira” – Dir. Abimaelson Santos (MA);

14h às 15h – Roda de conversa “Cultura viva: desafios e boas práticas na salvaguarda da tradição” com Nadir Cruz (MA), Mestra Roxa (MA) e Dona Neuza (Terreiro Nossa da Senhora da Guia/MA);

Mediador: Abimaelson Santos (MA);

15h10 às 17h – Palestra “Os desafios da economia criativa no campo das culturas de tradição”, com Luciana Guilherme (ESPM RJ);

17h – Performance“CAZUMBA – Corpo que baila no terreiro” com Igor Cariman (MA);

17h30 – Café Derresol.