14/04/2024
Sem categoria

Fernanda Garcia canta Selma Delago em show Fiz um Samba pra você hoje, no Teatro Alcione Nazaré.

Sambas & parceria

Caderno Alternativo – Jornal O Estado do MA – 20.03.2015
Fruto de uma empolgante parceria que resultou na produção de um EP, a sambista maranhense Fernanda Garcia fará hoje, a partir das 20h30, no Teatro Alcione Nazaré, o show Fiz um Samba pra Você com repertório repleto de composições feitas pela conterrânea Selma Delago. A noite reservará ainda apresentações de Thaty Estrela, Carol Cunha, Serrinha e Alysson Ribeiro. As mestres de cerimônia serão Clarisse (Cesar Boaes) e Dijé (Adeilson Santos), da peça Pão com Ovo, que animarão a plateia em um momento especial, a pedido de Selma Delago, fã da trupe.

Ao todo, Fernanda Garcia promete empolgar o público interpretando 11 canções de Delago. Seis delas fazem parte do EP que tem o título homônimo ao show. Além de Fiz um Samba pra Você, o disco, que será distribuído mediante a aquisição do ingresso, traz as canções Cantinho de Saudade, As Cartas Não Mentem Jamais, De Verde e Rosa, Ladrão de Sorriso e Meu Peito em Versos.
No show, que traz direção musical e acordes no cavaquinho de Wendell Cosme, Fernanda Garcia será acompanhada pelos músicos João Eudes (violão), João Paulo (cuíca), Roberto Chinês (bandolim/banjo), Rafael Bruno (baixo), Andrézinho (percussão), Luciano Baldez (percussão), Ribão Zabumbaça (percussão) e Wesley Sousa (teclado), além do baterista do grupo Sorriso Maroto, Camilo Mariano, e do músico do programa Esquenta, da Rede Globo, Marcelo Braga, que já estão na Ilha.
Em entrevista a O Estado, tanto Selma Delago quanto Fernanda Garcia se dizem ansiosas para o show. “A cidade toda comenta sobre este show. Está muito divulgado e o que queremos é lotar todo aquele espaço do teatro. São composições lindas, todas feitas pela Selma Delago que se mostra uma compositora de mão cheia”, explicou Garcia.
Inspirações – Segundo Selma Delago, suas composições não assinalam um tema específico, mas trazem consigo um fato interessante. “Todas as músicas que faço me vem à cabeça quando estou dirigindo [risos]. Não tenho esse costume de sentar e pensar no que vou compor. É algo que flui quando estou ali no trânsito. E o mais engraçado é que já vem letra e melodia”, disse a compositora.
Animadas e apresentando total sintonia, o que demonstra um perfeito e equilibrado casamento musical, Selma Delago também destacou que ao compor sempre procura por uma intérprete que se encaixe perfeitamente na proposta das músicas. No caso, Fernanda Garcia foi a contemplada. “Ela tem um gracejo na voz e tem toda essa tradição do samba. Componho músicas de vários segmentos, mas para estes sambas não tinha outra intérprete que não fosse a Fernanda”, frisou.
O EP foi gravado no Rio de Janeiro, berço do samba, em apenas uma semana. “Não tinha local melhor para realizar esse projeto. Ali é a morada do samba. Estivemos rodeadas de artistas que trabalham com vários sambistas de renome nacional e o resultado está incrível e de uma qualidade impressionante”, assegurou Fernanda Garcia.
Mostrando seu lado coruja, Delago, que desenvolve a vertente composicional há apenas dois anos, afirma que participou de todas as fases de produção do EP. “Fui para o Rio de Janeiro, participei de todas as gravações e para este show, que servirá como lançamento do projeto, também estava em todos os ensaios querendo saber de tudo”, contou, aos risos, a compositora.
Segundo ela, que é administradora, a intenção é mostrar ao público que os compositores existem já que são desconhecidos da maior parte. “Todo mundo pensa que uma música boa e que pega no gosto popular é de determinado cantor só porque é ele quem canta. Ninguém conhece o compositor. Tanto eu quanto a Fernanda queremos quebrar esse ciclo e mostrar que cantor e compositor trabalham juntos o tempo todo”, comentou Selma Delago.
Reconhecida como uma das mais belas intérpretes de samba em atividade na capital, Fernanda Garcia traz do berço toda a musicalidade, já que seu pai, Seu Esmeraldo, cantarolava os mais diversos sambas. Não é à toa que ela se diz influenciada pelo trabalho de Cartola, Nelson Cavaquinho, Clara Nunes, Alcione, Ivone Lara, Noel Rosa, Chico Buarque, Elis Regina, Roberto Carlos e outros tantos.
No ano passado, ela foi convidada para representar o Maranhão na turnê do Prêmio da Música Brasileira, que em sua 25ª edição homenageou o samba, dividindo o palco com Beth Carvalho, Mariene de Castro, Zélia Duncan, Dudu Nobre e Altay Veloso.
Serviço
• O quê
Show Fiz um Samba pra Você
• Quando
Hoje, às 20h30
• Onde
Teatro Alcione Nazaré
• Ingressos
R$ 20,00

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.