19/04/2024

Festival Guarnicê de Cinema começa nesta sexta (09) no Teatro Arthur Azevedo

A edição 46 do Festival Guarnicê de Cinema começa hoje (09) no Teatro Arthur Azevedo, a partir das 19h. A cerimônia de abertura contará com as presenças das atrizes Alessandra Negrini e Áurea Maranhão, que serão homenageadas, além do ator Leonardo Fernandes, um dos protagonistas de Pérola, filme dirigido por Murilo Benício que abre o festival. A solenidade será conduzida pelos artistas Guimas e Jéssica Montes.

A retirada de ingressos inicia às 13h30, no dia do evento, na bilheteria do teatro. O festival solicita a doação de um quilo de alimento não perecível por bilhete. Os alimentos arrecadados serão doados para o programa Mesa Brasil, do SESC. Cada pessoa poderá retirar dois ingressos e 450 lugares estarão disponíveis para o público.

No dia seguinte à cerimônia de abertura, o Guarnicê passa a ocupar os teatros João do Vale, com as exibições das mostras competitivas, Napoleão Ewerton – SESC, que receberá algumas mostras paralelas, e Aldo Leite, com as conferências do seminário Ciência Cine Guarnicê. Novamente em formato híbrido, o festival disponibilizará todos os seus filmes no site guarnice.ufma.br e no aplicativo Cine Guarnicê. A programação diária está disponível no endereço virtual do Guarnicê.

Todas as atividades do Guarnicê são gratuitas. Para assistir ao festival, basta retirar os ingressos com antecedência nas bilheterias dos teatros. No caso das mostras competitivas, a programação é dividida em dois blocos: um que inicia às 15h, com exibições de videoclipes, curtas-metragens maranhenses e nacionais e longa-metragem maranhense, e outro que inicia às 19h com sessões de curtas-metragens e longa-metragem nacional.

Nesta edição, o Guarnicê receberá aproximadamente 30 convidados em São Luís, entre cineastas, ministrantes de oficinas, jurados e outros profissionais vinculados ao cinema. Realizado pela pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec) da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), o festival tem patrocínio do Museu da Memória Audiovisual do Maranhão(MAVAM) e do Governo Federal por meio do Banco do Nordeste.

Além de apoio da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (ALEMA), Fundação Sousândrade, Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), Eduplay, Secretaria de Estado da Educação (SEDUC), Centro Cultural do Ministério Público, TV UFMA, Rádio Universidade, Secretaria Municipal de Educação (SEMED), SESC, Associação Maranhense de Desenvolvedores de Jogos, Bulldog, Gráfica A5, Mar Doce, Teatro João do Vale e Teatro Arthur Azevedo.