27/05/2024

Imprensa internacional repercute morte de Gal Costa

A morte da grande cantora Gal Costa, aos 77 anos, nesta terça-feira (9/11), comoveu o Brasil e também repercutiu na imprensa mundial.

Veículos dos Estados Unidos, Itália, França, Espanha, Argentina entre outros noticiaram a partida da artista, que é considerada uma das maiores vozes da música popular brasileira e musa do Tropicalismo, movimento que buscou aproximar a música local dos aspectos da cultura popular, do samba, do pop, do rock e da psicodelia.

Diario Clarín, jornal de maior circulação da Argentina, descreveu Gal como “extraordinária” e lembrou a trajetória da artista.O estadunidense Washington Post destacou a importância da cantora para a música popular brasileira e o Prêmio Grammy Latino à Excelência Musical conquistado por ela em 2011.

Já o espanhol El País escreveu que Gal foi uma das lendas de seu país, e pertenceu à geração que fez sucesso nos anos 70, enquanto o Brasil sofria com a ditadura militar. “Sua morte encerra 57 anos de uma carreira que começou em Salvador da Bahia graças ao apoio de sua mãe”, ressaltou.

A notícia da morte de Gal Costa também repercutiu no The Guardian, da Inglaterra, no Le Figaro, da França, no Frankfurter Allgemeine Zeitung, da Alemanha, entre outros.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.