21/05/2024

Lançada a programação oficial do São João do Maranhão

São João do Maranhão  será concentrado nos arraiais do Ceprama, Vila Palmeira, Cohatrac, Liberdade, Anjo da Guarda, Praça da Fé, Vila Embratel, Cidade Operária, Maiobão, Parque da Juçara e Parque do Forró (Rangedor). As populares festividades no Largo de São Pedro e encontro de bois no João Paulo (Dia de São Marçal)

Mais de 1.266 artistas habilitados via edital, quase 60 dias de festa, 12 arraiais somente em São Luís, quatro arrais regionais nas cidades de Barreirinhas, Pinheiro, Timon e Imperatriz e cerca de 80% municípios maranhenses com festas apoiadas pelo governo do Maranhão. Esta é a síntese da volumosa programação oficial do São João do Maranhão 2023.

Em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (30), no Palácio Henrique de La Rocque, em São Luís (MA), o governador Carlos Brandão e uma equipe de secretários estaduais, apresentaram aos profissionais da imprensa detalhes São João do Maranhão.

Com mais de dois meses de celebração da cultura maranhense, o São João do Maranhão 2023 será realizado em vários espaços da capital e em vários municípios do estado. O pontapé inicial de festejos juninos será no próximo domingo (4), com a abertura do já tradicional Arraial do Ipem, espaço que contará com atrações juninas diariamente e por 35 dias contínuos de festa. O encerramento da programação oficial no Maranhão está marcado para o dia 30 de julho.

Em São Luís, o São João será concentrado nos arraiais do Ceprama, Vila Palmeira, Cohatrac, Liberdade, Anjo da Guarda, Praça da Fé, Vila Embratel, Cidade Operária, Maiobão, Parque da Juçara e Parque do Forró (Rangedor). As populares festividades no Largo de São Pedro e encontro de bois no João Paulo (Dia de São Marçal) também estão garantidas.

Arraiais regionais e apoio estadual a 80% dos municípios

Destaque também para os arraiais regionais, que serão realizados nas cidades de Barreirinhas, Pinheiro, Timon e Imperatriz. A ideia é descentralizar a cultura, garantindo espaço para manifestações folclóricas de cada local, estimulando a atividade turística e a geração de renda. Principal pasta estadual à frente da coordenação e execução da festa, a Secma aponta, ainda, que cerca de 80% das cidades maranhenses também contarão com o apoio da gestão estadual na realização do São João 2023.

Cultura em todas as regiões

A coletiva de imprensa de lançamento da programação do São João do Maranhão 2023 já foi marcada pelo clima junino, com a apresentação dos grupos de bumba-meu-boi Encanto da Ilha e Boi de Morros. A cantora maranhense Rosa Reis também animou o público com o peso rítmico da ‘caixa’, instrumento de percussão tocado na Festa do Divino Espírito Santo no Maranhão, e em grupos de Cacuriá.

Artista conhecida dos palcos maranhenses, Rosa Reis não vê a hora de se apresentar nos arraiais de São Luís e do interior do estado.  “Eu acho que o São João vai ser muito bom. Espero que a gente dê oportunidade para todas as brincadeiras, para todos os brincantes de São Luís e do interior do estado. A gente aguarda o ano todo por esse momento, a maior festa do Maranhão que é o São João”, disse a artista.

Durante a entrevista, o amo do Boi de Maracanã, sotaque de matraca, Ribinha do Maracanã, mostrou que já está preparado e cantou trecho de “Maranhão, Meu Tesouro, meu Torrão”, toada composta pelo seu pai, o saudoso mestre Humberto de Maracanã (1939-2015), canção que virou uma espécie de hino do batalhão de Maracanã. Ribinha convocou a população para prestigiar a programação do “O Maior São João do Mundo”.

“O nosso boi e o nosso batalhão já estão ensaiando. A expectativa é que esse ano será o maior São João de todos os tempos. Em junho e julho, vem aí uma grande festa. Os arraiais farão grandes espetáculos com grandes grupos. Digo ao público, aos fãs, aos simpatizantes, aos brincantes, ao turista, a todo mundo: podem aguardar que vem um grande São João por aí”, garantiu Ribinha.

Turismo em alta

Ao lado da primeira-dama e embaixadora da cultura no estado, Larissa Brandão, o governador falou das ações que o governo do Maranhão vem desenvolvendo para atrair visitantes ao estado durante o período junino, para aquecer o setor turístico por meio da economia criativa.

“Fomos a São Paulo e lançamos o nosso São João para as maiores operadoras de turismo do Brasil, mais de 148 operadoras de turismo e agências de viagens em um auditório lotado, todo mundo interessado e a imprensa toda lá. Foi um espetáculo. Logo de início foram vendidas 1.500 passagens e já tem até contratado voo charter [são tipos de voos diferenciados, fretados para ocasiões ou festas especiais, fora das rotas comerciais tradicionais]”, detalhou Carlos Brandão.

De acordo com a secretária de Turismo do Maranhão (Setur), Socorro Araújo, a estimativa inicial é de que haja um acréscimo de aproximadamente de 20% no fluxo turístico, em relação ao São João do ano passado.

“Somos hospitaleiros e vamos receber muito bem os turistas, Nós acreditamos em um aumento de fluxo de cerca de 20% esse ano em relação a 2022. O setor hoteleiro está com a boa expectativa de um grande número de reservas em junho e julho, com o setor bem aquecido”, afirmou a secretária Socorro Araújo (Setur).

Desde a última quinta-feira (25), o governo do Maranhão tem surpreendido turistas que desembarcam no Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado, em São Luís. Os visitantes estão sendo recepcionados pelos ritmos contagiantes do Bumba-Meu-Boi e Cacuriá, além de serem presenteados com matracas (instrumentos de percussão feitos de madeira, típicos das brincadeiras de bumba boi).

Por meio do Centro de Atendimento ao Turista (CAT) instalado no saguão de embarque e desembarque, os turistas recebem mais informações sobre o São João do Maranhão 2023, orientações sobre os principais pontos e polos turísticos do estado, além de mapas com as principais roteiros no Parque Nacional dos Lençóis e informações turísticas sobre passeios em São José de Ribamar, na Raposa e em São Luís.

Segurança reforçada

Para garantir a segurança e a tranquilidade dos brincantes nos variados pontos de programação junina, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) preparou um forte esquema de segurança, que contará com o uso centenas de policiais em viaturas, motos e a cavalo, além da grupamentos especiais para monitorar os espaços de festa, como explicou o comandante geral da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), coronel Paulo Fernando.

“Nosso esquema de segurança já está montado. A Polícia Militar terá, por dia, 500 policiais em todos os locais de evento. Teremos 60 viaturas, 60 motos, mais os comandos especiais – vinculados ao Comando de Missões Especiais (CME), Batalhão de Choque, Batalhão de Policiamento Rodoviário [BPRv], Batalhão de Policiamento de Turismo [BPtur] e a Cavalaria, que serão empregados nos locais de eventos. A polícia vai trabalhar tanto no policiamento a pé, dentro dos locais de evento, como no entorno, no policiamento motorizado. A PM garante a todos um São João seguro”, ressaltou o comandante da PMMA.

Trabalho em conjunto

O São João contará com o trabalho articulado entre várias secretarias, como Secretaria de Meio Ambiente (Sema), Secretaria de Estado da Saúde (SES), Secretaria de Turismo (Setur), Secretaria de Segurança Pública (SSP), Secretaria de Comunicação Social (Secom), Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Maranhão Parcerias (Mapa).

O São João do Maranhão 2023 é uma realização do governo do Maranhão, com patrocínio do Grupo Mateus, Equatorial Energia, e Guaraná Jesus.