24/02/2024

Moto Club perde para o IAPE e é eliminado do Estadual

Em um jogo tenso no Nhozinho Santos, o IAPE bateu o Moto Club, por 1 x 0, na tarde deste sábado (2), em partida válida pela 4ª rodada do returno do Campeonato Maranhense. O gol do Canário da Ilha foi marcado por Cavi, aos 30 da etapa final. Dagson perdeu um pênalti para o Papão. Com essa vitória, o IAPE avançou às semifinais como líder do Grupo A e vai enfrentar o São José (2º do B) nas semifinais. Já o Moto Club, eliminado, vai começar seu trabalho para a Série D do Brasileiro. A FMF ainda não divulgou as datas desses confrontos do Estadual.

Dagson perde pênalti

Precisando do resultado, o Papão iniciou a partida em cima e, aos dois minutos, Leomir tentou bater falta direto, mas mandou para fora. Aos sete, o Papão chegou novamente. Esquerdinha cruzou na área ne Anderson Testa tenta afastar. Na sobra, Ozeiais chutou, mas o goleiro se recuperou.

Aos 10 O Canário da Ilha chegou, com Gustavo Rodrigues, que lançou na área, para cabeçada de Netinho, mas a bola saiu fraca para a defesa de João Paulo. Depois desse lance o jogo caiu de ritmo e a bola passou a rodar mais distante dos gols.

Aos 23 minutos pênalti para o Moto Club. Lineker deixou Dagson na cara do gol, mas Hugo chegou antes e derrubou o centroavante motense. Na cobrança, o mesmo Dagson bateu e Anderson Testa defendeu.
Querendo se redimir do pênalti perdido, Dagson mandou uma bomba na direção do gol, aos 42 minutos, mas Teste fez uma “manchete” e mandou para longe.

Depois de um escanteio, já nos acréscimos, a bola sobrou para o zagueiro Anderson Cearense aproveitou a sobra, mas errou o alvo. E o árbitro encerrou o primeiro tempo no Gigante da Vila Passos.
Expulsões e gol do Canário

Com mudanças, as equipes iniciaram a etapa complementar com mais vontade, mas sem boas jogadas ofensivas. Aos seis minutos o goleiro do Moto, João Paulo, saiu lesionado, e o técnico Júlio César fez logo mais duas mudanças, porém o time não mostrava evolução. O IAPE, mais frágil, também não esboçava uma evolução.

Afoito e muito nervoso, precisando do resultado, o Moto Club teve seu técnico, Júlio César, expulso aos 18 minutos. Júnior, que havia entrado no segundo tempo, aos 25, bateu direto uma falta, defendida por Testa. Em seguida, Lucas Hulk (Moto Club) e Pedro Guilherme (IAPE) foram expulsos após confusão.
Depois dessa confusão, o IAPE abriu o placar. Aos 30, Cavi ajeitou de fora da área e mandou um chute forte, a bola desviou na zaga e entrou no ângulo de Joanderson: 1 x 0 para o Canário no Municipal.

Aos 37, Dagson recebeu passe de Júnior na direita e arriscou, mas mandou na rede pelo lado de fora.  O Moto Club, por pouco não empatou aos 40. Depois de um cruzamento de Esquerdinha, Samuel cabeceou para uma linda defesa de Testa, que salvou o IAPE do empate.

O volante Jair ainda foi expulso e o Moto não conseguiu o empate e foi eliminado no Estadual.

FICHA TÉCNICA

MOTO CLUB 0 X 1 IAPE
LOCAL: Nhozinho santos
ÁRBITRO: Maykon Matos Nunes
ASSISTENTES: Raelson Almeida e José Carlos de Jesus

MOTO CLUB 
João Paulo (Joanderson), Diego Renan, Anderson Cearense, Gabriel e Esquerdinha; Jair, Nailson (Lucas Hulk) e Leomir (Samuel); Lineker (Júnior), Ozeias (Ozeias) e Dagson

Técnico – Júlior César

IAPE 
Testa, Guilherme Rocha, Gustavo Costa, Hugo e Pedro; Cavi, Gustavo Rodrigues, Pedro Guilherme e William (Diogo); Luís Vinícius (Bebeka) e Netinho (Rodriguinho)./ Técnico – Zé Augusto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.