14/04/2024

NOTA DE REPÚDIO AO CANCELAMENTO DO CARNAVAL DE 2022

As Escolas de Samba do Maranhão movimento secular de produção de espetáculo carnavalesco da cidade vêm a público externar sua indignação pela forma arbitrária e precipitada da gestão pública municipal de São Luís ao anunciar o cancelamento do carnaval da cidade sem ouvir os verdadeiros fazedores de cultura que por inúmeras vezes buscaram a Secretaria de cultura na tentativa de estabelecer diálogo acerca do evento.

Uma cidade com mais de um milhão de habitante não pode mais aceitar nos dias de hoje decisões que envolvam diretamente a população sejam tomadas sem que haja diálogos, debates e discussões que fundamentem a construção de políticas públicas sem que a sociedade civil sente à mesa e externe sua vontade, suas dificuldades, suas necessidades e sua expertise antes das formulações de programas, ações e eventos direcionados ao povo.

Apesar do descaso dispensado aos dirigentes de Escolas e blocos carnavalescos, as agremiações são comandadas por homens e mulheres responsáveis, comprometidos e conscientes do seu papel na formação da identidade cultural da cidade, assim como na construção dos valores culturais de cada cidadão ludovicense. Assim sendo nós entendemos a preocupação sanitária por conta do avanço da Covid e também do crescimento das síndromes gripais, só não aceitamos esse tratamento que interrompe uma produção já iniciada há 4 meses sem sequer sermos ouvidos. As Escolas de Samba não conseguem desenvolver seu trabalho sem que a temporada se inicie em agosto do ano anterior.

Não aceitamos sermos tratados como ignorantes irresponsáveis em busca da festa simplesmente pela festa. A nossa luta é pelo nosso trabalho, é pelo nosso ofício, é pela movimentação de uma cadeia produtiva que alimenta homens e mulheres pobres da periferia. Estamos falando de artesãos, marceneiros, costureiras, ferreiros, cozinheiros, aderecistas, músicos, coreógrafos, bailarinos e muitos outros artistas que aguardam ansiosamente as festas juninas e momescas para susterem suas familias.

A exemplo dos jogos de futebol liberados nos estádios, os dois maiores espetáculos de Escola de Samba do país, Rio e São Paulo decidiram realizar seus desfiles, já que o acesso às arquibancadas e camarotes é completamente controlado, o que possibilita a exigência da carteira de vacinação e até mesmo a realização de testagem rápida para adentrar a arena. Do mesmo modo a agremiação desfilante consegue controlar plenamente cada um dos seus participantes no momento de entrega da fantasia.

Cancelar o carnaval e anunciar um auxílio insignificante a exemplo de 2021 não é cuidar de pessoas. Precisamos trabalhar a exemplo de todos os demais profissionais que estão trabalhando e respeitando as limitações e restrições sanitárias. Não é possível que tudo se consiga fazer nessa cidade, feirinha da cidade, feira do livro, festas natalinas, só não se encontra saída para os eventos juninos e carnavalescos?

Ninguém consegue ficar mais uma temporada banido de seus ofícios, é desumano esse tratamento dispensado a todos que fazem cultura popular na cidade. Todos que estão há dois anos na geladeira sem de fato fazer aquilo que sabe. O pior que quando surgem os auxílios, muitos fazedores ainda não conseguem serem contemplados enquanto vários grupos particulares se beneficiam.

Convocamos todos os dirigentes de manifestações carnavalescas para uma reunião de urgência a ser realizada amanhã, dia 06 de janeiro na sede da Escola de Samba Turma da Mangueira do João Paulo, às 10:30h para elaborarmos um manifesto a ser dirigido às autoridades repudiando a decisão unilateral e apresentando as reivindicações de todos que fazem o carnaval

Escola de Samba Turma da Mangueira

Escola de Samba Favela do Samba

Escola de Samba Império Serrano

Escola de Samba Turma do Quinto

Escola de Samba Flor do Samba

Escola de Samba Terrestre do Samba

Escola de Samba Unidos de Fátima

Escola de Samba Túnel do Sacavém

8 thoughts on “NOTA DE REPÚDIO AO CANCELAMENTO DO CARNAVAL DE 2022

  1. O prefeito Eduardo braide.estar certíssimo em cancelar o carnaval de 2022.
    Agora alguns carnavalesco não aceitam o cancelamento do carnaval.mesmo o prefeito anunciando que vai dar Recursos aos envolvidos no carnaval. Aí alguns carnavalesco ainda não aceitam essa situação.é triste. !

  2. Bem feito, Joel! Não foi por falta de aviso. Acabou a manada. Deixem de frescura. Estamos em plena Pandemia. Não tem como pensar em carnaval. Pessoas morrendo, hospitais cheios, chuva, doenças. Vocês tão loucos? Essas escolas querem é dinheiro público. Te contenta e rebola em casa. Não vai ter. Temos que salvar vidas. CANCELADO e pronto. Aceita que ainda assim dói. E vocês não estão preocupados com cultura. Querem ver os grupos se matando por causa de um ridículo concurso. Já era. E Rio e SP que se…

  3. Quem com cerrteza deve ficar puto(a) com essa situação é Helena Leite e Juarez Souza. Ainda não ouvi-ló(á) falar nada a respeito.
    Porque estão calados?

  4. Esses cidadãos demonstram não ter a mínimo respeito num momento de crise sanitária em todo o Brasil. O carnaval nem deveria estar no calendário.
    O interesse é só ficar com o “pires na mão” pra receber recursos públicos. Sempre foi assim.
    Braide prometeu que vai dar ajuda financeira. Deveria mesmo era rever essa promessa, já que não vai mais ter a folia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.