20/04/2024

Professor do Departamento de Física da UFMA receberá prêmio Ernesto Hamburger

Por suas contribuições como pesquisador e por seu empenho na popularização da ciência, o professor Antônio José Silva Oliveira, do Departamento de Física da UFMA, vai receber o prêmio Ernesto Hamburger. A premiação será realizada no dia 19, quarta-feira, na sede da Sociedade Brasileira de Física, da USP, em São Paulo, em formato presencial e on-line.

Para o professor, o reconhecimento de seu trabalho pela maior premiação brasileira em sua área é motivo de felicidade e satisfação. “É um sentimento de dever cumprido até o momento e outro de renovação, para que possamos fazer muito mais para tornar a Ciência um bem popular, em especial a Física, que considero que foi a que mais contribuiu com o desenvolvimento da humanidade e, por outro lado, estou bastante feliz por esse reconhecimento nacional feito pela Sociedade Brasileira de Física e, em especial, com o nome de Ernesto Hamburger, que, em vida, contribuiu de forma significante para o desenvolvimento da Física na América Latina e no Caribe”, ressaltou o professor.

Natural da cidade de Bacabal-MA, Oliveira obteve a graduação em física pela Universidade Federal do Maranhão em 1991. Especializou-se em Engenharia dos materiais em 1992 pela Universidade Federal de São Carlos (Ufscar), tornou-se mestre em 1997 pela Universidade Federal do Ceará e concluiu o Doutorado em Física e Pós-Doutorado em Jornalismo Científico pela Universidade de Campinas (Unicamp).

Atualmente, Oliveira é coordenador do Espaço da Ciência e do Firmamento – Planetário UFMA. Na Universidade, já exerceu as funções de Chefe de Departamento, Coordenador de Curso, Diretor de Centro, Diretor de Pesquisa, Pró-Reitor de pesquisa e Pós-Graduação, Vice-Reitor e de Reitor em Exercício. Sua produção científica contém artigos publicados de grande fator de impacto em revistas nacionais e internacionais

Saiba Mais

O prêmio é uma homenagem ao físico e divulgador de ciências brasileiro Ernesto Wolfgang Hamburger, sócio fundador da SBF e seu vice-presidente de 1971 a 1973. Os trabalhos são avaliados levando em consideração a qualidade, relevância e abrangência da contribuição para a área de Divulgação de Ciências Físicas.