20/04/2024

Programação do Balaio de Sotaques movimenta semana no Sesc Deodoro de 22 a 24 de junho

A temporada 2023 do Balaio de Sotaques está com tudo. Depois do sucesso de público com uma programação recheada de atrações e casa cheia no Sesc Turismo, agora é a vez do Sesc Deodoro retomar a festança com uma agenda junina que contempla a diversidade de manifestações folclóricas, artísticas e culturais que mostra a força e a beleza da cultura maranhense. De 22 a 24 de junho, o Sesc Deodoro é o endereço da alegria com atrações que vão das animadas quadrilhas juninas ao ritmo envolvente do cacuriá, forró pé de serra, danças folclóricas e a estrela Dalva do São João, o Bumba Meu Boi.

No dia 22 (quinta-feira), a festança começa às 18h30, com o requebrado do Cacuriá Assa Cana. A partir das 19h, o ritmo evolvente do sotaque Costa de Mão entra no terreiro do arraial do Sesc com o Boi de Rama Santa, e fechando a noite, a melodia e a cadência do Boi de Morros, um dos grupos mais tradicionais do Maranhão, entra em cena com o sotaque de Orquestra.

Na sexta-feira (23), às 18h30, a diversidade dos ritmos, característica do Balaio de Sotaques, abre alas para o arranjo e balanço do Tambor de Taboca Abenijeum, da Casa Fanti Ashanti. Fundado há mais de 20 anos, o grupo usa tambores feitos de taboca ou bambu durante a apresentação. Os instrumentos são socados com as mãos e batidos no chão, dando vida e musicalidade à tradição popular. Às 19h, o Boi Nina Rodrigues, grupo com mais de três décadas de força e tradição, um dos principais símbolos do São João do Maranhão, promete animar e cativar o público com um show de cores e alegria. Para manter a animação e encerrar a noite, a Cia Encantar entra no terreiro do arraial do Sesc com uma apresentação que encanta e fascina.

No sábado (24), a festança começa logo cedo, às 15h, com atrações para a criançada. Às 16h, o batalhão pesado com mais de 120 componentes do Boi da Floresta, originário de São João Batista, na Baixada Maranhense, não vai deixar ninguém parado. Para fechar a tarde, às 17h, a Banda Vagalume traz uma apresentação artística de personagens da cultura popular.

Às 18h30, a Quadrilha Fogueira Viva abre as apresentações noturnas, seguida da Dança Portuguesa Sonho de Portugal, da cidade de Alcântara. Às 20h, o Boi de Axixá, um dos precursores do Bumba Meu Boi de orquestra no estado, se apresenta no arraial do Sesc. Logo em seguida, às 21h, é a vez do Cacuriá do Jhon animar o público. Criado há 19 anos para divulgar a representação cultural local, o grupo valoriza a música regional e suas danças, tendo como referência o Cacuriá de Dona Teté. Logo depois, às 21h30, o Boi de Maracanã, um dos dois maiores e mais conhecidos Bumba Meu Boi, e com mais de 100 anos de história, encerra a noite de apresentações do Balaio de Sotaques.

A agenda do Sesc Balaio de Sotaques contempla todas as manifestações culturais. Durante 12 dias de programação, o arraial resgata a força e a beleza das nossas tradições. Mais do que entretenimento, o Projeto Balaio de Sotaques tem como proposta educativa a valorização da identidade maranhense por meio da celebração da cultura e da difusão das manifestações como forma de transmissão de saberes oriundos desse universo em que a memória, a ritualidade, a oralidade e a ancestralidade estão presentes.

Programação

DIA 22/06 (quinta-feira)
18h30 – Cacuriá Assa Cana
19h – BMB de Rama Santa (CM)
20h – BMB de Morros (O)

DIA 23/06 (sexta-feira)
18h30 – Tambor de Taboca Abenijeum – Casa Fanti Ashanti
19h – BMB Nina Rodrigues (O)
20h – Cia Encantar

DIA 24/06 (sábado)
15h – Balaio de Brincadeiras*
16h – BMB da Floresta* (B)
17h – Banda Vagalume e apresentação artística de personagens da cultura popular*
18h30 – Quadrilha Fogueira Viva
19h – Dança Portuguesa Sonho de Portugal – Alcântara
20h – BMB de Axixá (O)
21h – Cacuriá do Jhon
21h30 – BMB de Maracanã (M)

Sotaques: Alternativo (A), Baixada (B), Costa de Mão (C), Matraca (M), Orquestra (O) e Zabumba (Z)