20/04/2024

Rodoviários denunciam demissão em massa de cobradores em São Luís

Para buscar o retorno dos cobradores e denunciar demissões injustificáveis pela organização de empregadores, o Sindicato dos Rodoviários se reuniu na última terça-feira (4) com Secretaria de Trânsito e Transportes (SMTT).

Durante a reunião, que tinha como objetivo garantir o retorno dos cobradores no sistema, estavam presentes o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Marcelo Brito, o vice-presidente Carlos Ariston e a doutora da entidade, Valuzia Santos, bem como o secretário do SMTT, Diego Rodrigues.

Na ocasião, foi discutido o retorno dos cobradores, já que o sindicato tem conhecimento sobre as planilhas de custo dos empresários e afirma que foi realizado um levantamento que comprova existência de demissões em massa sem justificativa.

De acordo com o Marcelo Brito, os empresários estão procurando implementar a bilhetagem eletrônica nas catracas para demitir os cobradores. As demissões dos cobradores estão causando sobrecarrega para os motoristas que lidam acúmulo de funções, dirigir e cobrar ao mesmo tempo.

Em nota, o sindicato informa que se dispõe a “fiscalizar e determinar quantas demissões irregulares de cobradores estão ocorrendo”. Eles pretendem ter uma reunião com o prefeito de São Luís, Eduardo Braide, para pautar a questão. A questão que, segundo o sindicato é inviável, ainda deve ser levada ao Ministério do Trabalho.

Quanto aos encaminhamentos, o secretário Diego Rodrigues sugeriu que os postos dos cobradores fossem mantidos e, se possível, que fossem realocados. O secretário realizará uma reunião de alinhamento e convocará os representantes dos empresários para discutir o assunto.

* Com informações da ASCOM- Sindicato dos Rodoviários do Maranhão