20/04/2024
Sem categoria

Semed orienta 120 profissionais que atuarão no Projovem Urbano

Os aprovados em processo seletivo terão a oportunidade de ampliar os seus conhecimentos por meio de cursos.

06/03/2015 – O Estado do Maranhão 


Secretário de Educação do Município, Geraldo Castro Sobrinho 
.
A Secretaria Municipal de Educação (Semed) iniciou ontem ações de orientação aos 120 profissionais que atuarão no Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Urbano). Os profissionais foram aprovados em processo seletivo realizado pela Semed e que teve mais de dois mil inscritos. O primeiro encontro de orientação foi realizado no auditório da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Alberto Pinheiro, no Centro.
A execução do Projovem Urbano, mediante parceria com o Governo Federal, segue a diretriz da Prefeitura de São Luís de ampliar o acesso à escolaridade e à qualificação profissional para a população de São Luís. “Em nome do prefeito Edivaldo, dou as boas-vindas aos selecionados que farão parte da equipe Semed durante o tempo de execução deste programa. Vocês farão diferença na vida de muitos jovens, ajudando a superar os desafios e a ter garantida a cidadania”, assinalou o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho.

Nas próximas semanas, serão realizadas formações específicas por área, para os professores e demais profissionais que trabalharão no programa. A professora de Língua Portuguesa Ilma dos Santos Vale, 35 anos, participou da reunião e declarou ter ficado muita satisfeita com as informações repassadas. “Precisava muito trabalhar, mas me inscrevi neste processo seletivo sobretudo porque amo a minha profissão. Quando soube que fui selecionada, fiquei muito feliz. Afinal, foram milhares de candidatos”, disse Ilma.
Para Jane Lucy Freitas, 51 anos, trabalhar no programa é uma oportunidade para se sentir útil. “Eu estava desempregada e precisava trabalhar. Meus filhos já estão crescidos mas, trabalhando, posso me sentir útil e não depender de ninguém”, comemorou.
Inscrições
O Projovem Urbano tem duração de 18 meses e, ao longo do período, oferece ao jovem conclusão do Ensino Fundamental, curso de iniciação profissional com certificação, aulas de informática e auxílio de R$ 100 por mês.
As matrículas para o Programa Nacional de Inclusão de Jovens – Projovem Urbano continuam abertas até o dia 23 de março. Em São Luís, 21 escolas estão recebendo as matrículas para o Programa. São 2100 vagas para jovens de 18 a 29 anos que são alfabetizados e não concluíram o Ensino Fundamental.

Mais informações sobre os locais de inscrição estão disponíveis no sitewww.saoluis.ma.gov.br ou pelo telefone 3212 8218.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.