20/04/2024

Trump se declara inocente de 34 acusações criminais em tribunal de Nova York

NOVA YORK (Reuters) – O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump, favorito para a indicação republicana para disputar a Presidência em 2024, declarou-se inocente, nesta terça-feira, de 34 acusações criminais de falsificação de registros comerciais após investigação sobre suborno pago a uma estrela pornô.

Vestindo um terno azul escuro e gravata vermelha, Trump, de 76 anos, exibiu pouca emoção quando acenou para uma multidão reunida do lado de fora do tribunal após participar de carreata a partir de sua residência em Nova York na Trump Tower até o tribunal.

Trump sentou-se com as mãos cruzadas ao apresentar sua declaração ladeado por seus advogados.

“Inocente”, disse Trump quando questionado sobre como ele se declarava.

Assine nossa newsletter:

Inscreva-se nas nossas newsletters e receba as principais notícias do dia em seu e-mailCadastre-se

O ex-presidente dos Estados Unidos chegou ao tribunal de Manhattan para ser acusado formalmente após ser indiciado na semana passada por um grande júri em um caso que envolve o suborno de uma atriz pornô em meio às eleições presidenciais de 2016.

Trump é o primeiro atual ou ex-presidente dos EUA a receber acusações criminais e foi recebido no tribunal com protestos em seu favor e contrários.

De sua comitiva, Trump postou nas redes sociais: “Indo para Lower Manhattan, o Tribunal. Parece tão SURREAL – UAU, eles vão ME PRENDER. Não acredito que isso está acontecendo na América.”

Em outras postagens nas redes sociais antes da audiência, Trump renovou seus ataques a Merchan, que no ano passado presidiu um julgamento no qual a imobiliária de Trump foi condenada por fraude fiscal.