24/02/2024
Sem categoria

Banda Oba Oba Samba House é a atração deste sábado, às 22h, na casa de eventos Patrimônio Show.

Evandro Júnior
Da equipe de O Estado
06/04/2013 00h00
A banda Oba Oba Samba House está em São Luís e hoje, às 22h, se apresentará pela primeira vez na capital maranhense, na casa de eventos Patrimônio Show (Centro Histórico). O evento é uma realização da Gajo Entretenimento com promoção da Alegria Produções. A noite ainda terá a presença das bandas locais Argumento e ZeroHum.
No início de 2011, em Ribeirão Preto (SP), músicos de pop rock resolveram trocar guitarras por cavaquinhos. Era só por algumas horas, nos ensaios de uma festa. Sem avisar, um amigo DJ soltou algumas batidas eletrônicas. Para esquecer o estresse diário, o grupo usava o samba e foi assim que criou o samba house. O termo define a mistura do suingue do samba rock com as batidas da música eletrônica.
Hoje o quarteto paulista lota 20 shows por mês e lançou o primeiro disco por uma grande gravadora: a Sony Music. A fórmula do Oba Oba Samba House é simples: músicas conhecidas de vários gêneros são tocadas em versões levemente eletrônicas. Completam o repertório composições próprias que utilizam a mesma fórmula. Formada por Fernando Diniz (baixo, voz e teclados), Luciano Tiso (violão, baixo e voz), Leco Cavallini (violão, cavaco e voz) e Cleber Tiso (percussão e voz), a banda nasceu de forma descontraída.
“O samba é um ritmo quente, alegre, malandro; traduz muito o que é nosso Brasil e a personalidade do povo brasileiro. Sempre foi bem representado com grandes nomes da música tanto aqui quanto no exterior. A gente fica muito feliz de hoje fazer parte do cenário trazendo essa inovação, uma nova maneira de se fazer samba”, disse o vocalista Fernando Diniz.
A banda, com dois anos de estrada, está com a música I love you baby na trilha sonora da novela Salve Jorge. Hits da MPB (Mas que nada, Malandragem dá um tempo, Não quero dinheiro) convivem com covers roqueiros como, por
exemplo, Foo Fighters, Kings of Leon e Red Hot Chili Peppers. As vinhetas eletrônicas dos shows são criadas pelo produtor Fernando Deeplick, conhecido por ter feito remixes para Vanessa da Mata. A mistura agrada e hoje o grupo é dono do terceiro melhor cachê do Brasil no segmento samba.
“Desde o início, nossa proposta sempre foi fazer um som diferente e ousado, daí surgiu a ideia de misturar samba com música eletrônica. Assim nasceu o ‘sambahouse’. Como somos criadores e o pioneiro nesse segmento do samba, não tivemos um grupo ou uma banda em si que nos inspirou, mas sim, várias bandas de samba, de rock e até DJs que serviram de inspiração, foram partes fundamentais para essa mistura que fazemos”, explicou Luciano Tiso.
Argumento – O grupo Argumento será uma das atrações maranhense na festa de hoje à noite. Surgido em agosto de 2008, possui um álbum lançado e já está gravando o segundo disco. Com um repertório que reúne os melhores sambas de todos os tempos, em versões diferentes, música brasileira e internacional (de Chiclete com Banana a Luiz Gonzaga, de Black Eyed Peas a Jorge Ben Jor, entre outros), a banda conquistou uma legião de seguidores em sua terra natal e em Teresina (PI).
A banda ZeroHum, outra atração de hoje, representa a nova safra de bandas maranhenses e vem ajudando a compor a história do cenário musical. Com um repertório diversificado, passeia por todos os estilos musicais, buscando agradar a variados gostos. Com composições próprias e sucessos de reconhecidos compositores, trilha um caminho que se alonga a cada apresentação, ultrapassando os limites do Maranhão.

Serviço

• O quê
Show Oba Oba Samba House e Convidados
• Quando
Hoje, às 22h
• Onde
Patrimônio Show (Centro Histórico)
• Ingressos:
R$ 40,00 (Espaço Oba Oba) e R$ 100,00 (Camarote Premium + Hotzone), à venda na Essencial Suplementos (Rio Anil Shopping, São Francisco e Cohafuma), Óticas Diniz (São Luís Shopping e Shopping Da Ilha), bilheterias do Patrimônio Show e da Fazenda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.