20/04/2024

Gael é o mais novo talento musical das noites de São Luís

As conveniências de São Luís estão cada vez mais dando visibilidade a grandes talentos musicais. Alguns amadores, é verdade. Mas outros já com muita história para contar em sua trajetória em busca do reconhecimento e fama.

É o caso do jovem ludovicense Aderson Gabriel Feitosa de Araújo, que prefere ser chamado simplesmente  de “Gael”.  Aos 22 anos, Gael já tem 4 anos de carreira e, além das conveniências dos postos de combustíveis da cidade, já se apresentou em muitas festas de aniversário e casas noturnas locais como Velho Oeste, Tapera, Athenas Bistrô, Sextavado, entre outras.

Dono de uma voz grave e firme, ele optou pelo sertanejo e depois de tentar com duas duplas no gênero, acabou optando pela carreira solo. “A primeira que formei foi em 2019 e tinha o nome de ‘Felipe e Gabriel’. Serviu para eu amadurecer como compositor. E também para eu dar mais valor a minha voz. Pois eu era o segunda voz. E sempre ouvia que eu tinha que permanecer nessa posição, pois não cantava nada. Acho que quem é ou já foi segunda voz, sempre escutou essas besteiras. E então eu desfiz a dupla”, confessa.

O caminho é assim, com muita paciência. “Fiquei seguindo carreira solo, mas não tinha muita coisa pra mim não. Até porque, eu ainda estava conhecendo a minha voz”. Aliás, aprimorar seu canto é uma apreciável obstinação do artista.

“Nunca deixei de estudar técnicas vocais… Então, formei uma nova dupla em 2022. E nós até chegamos a nos apresentar em programas de TV. A dupla se chamava ‘Pedro & Gabriel’. Mas teve fim naquele mesmo ano”, conta.

Mas tudo enfim tem uma razão de ser e acontecer: ambos caminhavam em sentidos contrários. Pedro era MPB e Gael totalmente sertanejo. “Como todo cantor, nós devemos cantar de tudo um pouco. Mas se você não escolhe um estilo musical. Você acaba ficando sem personalidade. Mas agora voltei a seguir carreira solo e respondo por Gael, pois Gabriel tem muitos. Quero ser diferente e único, desde as coisas mais simples”.

Seu repertório tem de tudo um pouco, mas a maior parte é sertanejo. Desde os mais agitados, aos modões. “As pessoas pedem as músicas de acordo com o grau”, pontua, entre risos. Seus planos para o futuro? Quer se dedicar aos estudos, inclusive da música, segmento que está mais focado agora, pois pretende ser reconhecido nacionalmente e viver dele.

“Estou com um empresário agora e sinto que minha sorte está mudando. Lançar um single também está nos meus planos, com uma de minhas composições ou de parceiros compositores. Pretendo também viajar pelas estradas do nosso estado, levando boa música aos ouvidos e corações”, finaliza o jovem artista. Sucesso Gael.